Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Produção de Texto - 1º Ano - Movimentos Verticais

Produza um pequeno texto diferenciando conceitualmente os dois tipos de movimentos verticais estudados: Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima. Exemplifique esses movimentos com situações do cotidiano.

Orientações gerais:
- O texto de cada aluno deve ser postado como comentário neste tópico.
- Coloque o seu nome completo, nº e série antes do texto postado.
- Não utilize este tópico para outros assuntos.
- Dê um título ao seu texto
- Os textos deverão ser postados até 30/09 
- Em caso de dúvidas encaminhe um e-mail para: tpostal@cocvilayara.com.br
- Os textos serão avaliados pela contextualização, coerência do tema proposto, apresentação dos conceitos científicos, concordância verbal e nonimal  e ortografia.
- A nota será atribuída de acordo com o combinado em sala de aula. Mas não façam esta atividade apenas pela nota, mas sim para o desenvolvimento intelectual de cada um.
- O melhor texto também será premiado com um experimento dos conteúdos abordados.

Abraços,


Thiago Postal

121 comentários:

  1. Nome: Maycon R. Caiado
    Nº:36 1ºC

    Características Básicas

    Bom Primeiramente Podemos Diferenciar Ambos os movimentos pelas suas características Principais; Como A Queda Livre Que Tem como característica Possuir A Velocidade Inicial (Vo) De 0 ,O corpo Sempre é Abandonado, e A Velocidade final sempre vai ser Diferente De 0, E também a relação entre os corpos na queda livre, se tiverem diferentes massas num mesmo local sem a resistência do ar, caem com a mesma aceleração (g) e caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo.

    Alguns exemplos do cotidiano Sobre a queda Livre Podem ser o Bunge jump, Salto á uma piscina e Muitos outros...

    Já o Lançamento Vertical para cima O corpo Vai possuir Uma Velocidade Inicial (Vo) Numa trajetória retilínea vertical, Possuí igualdades entre O tempo de subida ser igual ao tempo de decida, A velocidade Final é Igual A Velocidade Inicial, Na altura Máxima Do lançamento vertical para cima a (Vo) é sempre 0, e a aceleração (a) ou (g) é igual na subida e na decida do corpo.

    Alguns Exemplos de Lançamento Vertical para cima Podem Ser: Um jogador de vôlei dando uma manchete ou saque, Um garimpeiro trabalhando (jogando o conteúdo da peneira para cima) e muitos outros...
    Com essas características principais podemos distinguir ambos os movimentos verticais citados.

    ResponderExcluir
  2. Nome: Yan Santana
    Nº: 43 1ºB

    Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima

    Denomina-se Queda Livre o movimento vertical, próximo à superfície da Terra, quando um corpo de massa m é abandonado no vácuo ou em uma região onde desprezamos a resistência do ar.
    A queda livre é um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 9,8 m/s2 (ao nível do mar), chamada de aceleração gravitacional.
    Na queda o módulo da velocidade do corpo aumenta, o movimento é acelerado, e, portanto, o sinal da aceleração é positivo.

    ResponderExcluir
  3. Carlos Augusto M. Bencini nº11 1ºC

    Queda livre:
    Quando um corpo se movimenta sujeito apenas à aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência, pode afirmar que esta em queda livre. Logo, queda livre é um movimento que só existe no vácuo, pois, só assim, não temos a resistência do ar.
    Corpos de diferentes massa,sem a resistência do ar,caem mesma altura no mesmo intervalo de tempo
    Ex: a queda de um caderno ao solo,a queda de uma bola ao solo

    Aceleração vertical para cima
    Á medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui. Quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é a mesma: a=g, se a trajetória for orientada para baixo, e a=-g, se a trajetória for orientada para cima.
    Ex:um foguete sendo lançado,um rojão sendo estourado durando um jogo.

    ResponderExcluir
  4. Caio Andreoli nº5 1A

    Movimentos Verticais

    Queda livre,
    Na Queda Livre, considerando dois objetos em queda vertical, a partir do repouso, num local em que o efeito do ar pode ser desprezado e a aceleração da gravidade seja constante e igual a (gterra), sabendo que (gterra) é igual a 10m/s² e a velocidade inicial é igual a 0, eles caem no mesmo intervalo de tempo podendo ser de massas diferentes ou não. Exemplo para a queda livre é quando uma nave espacial está com seus propulsores desligados.

    Lançamento Vertical Para Cima,
    Em um Lançamento Vertical para Cima quando é lançado um objeto verticalmente para cima, sabendo que a resistência do ar é desprezível, a gravidade acaba produzindo dois efeitos: feia o móvel na subida (até pará-lo) e, em seguida, faz o móvel retroceder no vôo, acelerando-o na descida. O tempo de subida do objeto lançado é o mesmo de descida, sendo que na altura máxima a velocidade é igual a 0, e o (gterra) equivale a -10m/s². Um exemplo para esse movimento seria o lançamento de um foguete.

    ResponderExcluir
  5. Nome: Giovana Munõz Gushikem
    Número: 19 ~ 1° ano C



    Movimentos Verticais

    Título: Queda Livre x Lançamento Vertical para cima


    O estudo dos movimentos verticais sempre teve grande importância para muitos cientistas conceituados, assim como Galileu Galilei que desvendou pela primeira vez como ocorre a queda livre dos corpos soltos próximos à surpefície terrestre.
    Galileu Galilei ao desprezar a ação do ar sobre os corpos, concluiu:

    “Todos os corpos soltos num mesmo local, livres da resistência do ar, caem com uma mesma aceleração, quaisquer sejam suas massas. Essa aceleração é denominada gravidade(g).“

    É denominada Queda Livre os movimentos de subida ou descida que os corpos realizam no vácuo (corpos de diferentes massas em um mesmo local, sem a resistência do ar, caem com uma mesma aceleração). Esses movimentos são descritos com as mesmas equações do MUV (movimento uniformemente variado).
    Alguns exemplos de queda livre do nosso cotidiano seriam: uma pessoa pulando de pára-quedas, um martelo caindo de uma determinada altura, um lápis caindo de cima da mesa, uma pessoa pulando na piscina, e etc.
    Quando um corpo é abandonado em queda livre, ou, lançado verticalmente para baixo, denomina-se lançamento vertical, a aceleração gravitacional do local age apenas para aumentar o módulo da velocidade escalar de queda.
    Um jogador de vôlei sacando a bola no jogo, uma criança pulando na cama elástica ou um foguete sendo lançado ao espaço são exemplos de lançamento vertical para cima.
    O que diferencia o lançamento vertical da queda livre é o fato da velocidade inicial no primeiro caso ser diferente de zero. No entanto na queda livre só podemos ter movimentos de cima para baixo, no lançamento vertical pode-se ter movimentos de ambos os sentidos tanto de cima para baixo quanto de baixo para cima.
    Com essas informações, é possível diferenciar os dois tipos de movimentos verticais.

    ResponderExcluir
  6. Thaina O. Marquez N°43 1°A

    Queda livre, é um movimento que se faz devido a aceleração gravitacional, desprezando a resistencia do ar, e mesmo a massa dos objetos sendo diferentes,se jorgarmos da mesma altura eles caem com o mesmo intervalo de tempo no solo.
    Ex: Se jogarmos um láís e um caderno, no mesmo tempo, e da mesma altura, em um lugar que o ar é desprezível, irão chegar no mesmo intervalo de tempo,não importa a massa ou o tamanho.

    Lançamento Vertical para cima, é quando lançamos uma 'força' para o objeto subir, e sua velocidade no ponto máximo é 0,a velocidade escalar na subida é positiva e o movimento retardado , na descida a valocidade escalar é negativa e o movimento acelerado, o tempo de subida, será o mesmo tempo que o objeto chegará de onde foi lançado.
    Ex: lançamento de uma bola, que é contra a ação da gravidade.

    ResponderExcluir
  7. Bruna Graciani Mota n° 07 1°C.

    -- Movimentos Verticais --

    - Queda Livre
    O movimento de queda livre foi estudado primeiramente por Aristóteles. Ele foi um grande filósofo grego que viveu aproximadamente 300 a.C. Aristóteles afirmava que se duas pedras caíssem de uma mesma altura, a mais pesada atingiria o solo primeiro.
    Séculos mais tarde, um físico e astrônomo italiano chamado Galileu Galilei, introduziu o método experimental e acabou por descobrir que o que Aristóteles havia dito não se verificava na prática. No seu experimento mais famoso ele, repetiu o feito de Aristóteles. Estando na Torre de Pisa, abandonou ao mesmo tempo esferas de mesmo peso e verificou que elas chegavam ao solo no mesmo instante.

    ”Quando dois corpos quaisquer são abandonados, no vácuo ou no ar com resistência desprezível, da mesma altura, o tempo de queda é o mesmo para ambos, mesmo que eles possuam pesos diferentes”.

    O movimento de queda livre é uma particularidade do movimento uniformemente variado. Sendo assim, trata-se de um movimento acelerado. Esse movimento sofre a ação da aceleração da gravidade, para o estudo de Física, e desprezando a resistência do ar, seu valor é constante e aproximadamente igual a 9,8 m/s2.

    - Lançamento vertical para cima
    Se largarmos uma pena e uma pedra de uma mesma altura, observamos que a pedra chegará antes ao chão.
    Por isso, pensamos que quanto mais pesado for o corpo, mais rápido ele cairá. Porém, se colocarmos a pedra e a pena em um tubo sem ar (vácuo), observaremos que ambos os objetos levam o mesmo tempo para cair.
    Assim, concluímos que, se desprezarmos a resistência do ar, todos os corpos, independente de massa ou formato, cairão com uma aceleração constante: a aceleração da Gravidade (aproximadamente igual a 9,8m/s2).
    Quando um corpo é lançado nas proximidades da Terra, fica então, sujeito à gravidade, que é orientada sempre na vertical, em direção ao centro do planeta.
    Sua trajetória é retilínea e vertical, e, devido à gravidade, o movimento classifica-se com Uniformemente Variado.

    ResponderExcluir
  8. Nome: Lucas Delamain Longo N°: 30 Ano: 1°B

    Os movimentos verticais

    Nos últimos messes andamos estudando sobre queda livre e lançamento vertical, lançamento vertical ocorre quando é lançado um objeto com uma força pra cima, onde sua velocidade é nula, logo depois o objeto desce em movimento acelerado. Se fosse possível a ausência da resistência do ar, como na subia quanto na descida à aceleração será sempre a mesma: a = g, se o movimento for para baixo e a =-g se o movimento for para cima, alguns exemplos desses movimentos no nosso cotidiano pode ser como quando soltamos fogos de artifício ou simplesmente quando chutamos uma bola para cima.
    Já a queda livre é quando um objeto se desloca apenas pela aceleração gravitacional, ou quando não existe nenhum tipo de resistência, assim será uma queda livre, esse movimento só existe no vácuo, ou seja, o único lugar onde não encontramos a resistência do ar, no movimento queda livre a única força que atua sobre os corpos em queda é a força gravitacional, devido a este fator sua forma ou massa não interferem no tempo de deslocamento (queda) dos mesmos. E alguns exemplos desse movimento no nosso cotidiano são, por exemplo, quando deixamos qualquer objeto cair no chão, como uma borracha, um brinquedo e outros objetos.

    ResponderExcluir
  9. Giovanna Fracassi Ripari nº 20 1ºC

    Movimentos Verticais.

    Queda livre -
    Ocorre quando corpos de diferentes massas em um mesmo local, sem a resistência do ar, caem com a mesma aceleração (g) , sendo essa na Terra 10 m/s². E também quando corpos de diferentes massas, sem a resistência do ar, caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo.
    Um exemplo pode ser : se jogarmos uma pena e um livro em um local de mesma aluta, aonde a resistência do ar seja desprezível, os dois corpos irão cair com uma mesma aceleração, no mesmo intervalo de tempo.

    Lançamento vertical para cima -
    Considerando uma trajetória orientada para cima, em um lugar onde a aceleração da gravidade seja constante, com módulo igual a g, e os efeitos do ar desprezíveis, um objeto foi lançado para cima com velocidade em módulo igual a v0.
    Pode ser considerado um exemplo: um jogador de vôlei dando uma manchete.

    ResponderExcluir
  10. Nome: Victória Haddad N°:42 Série: 1°B

    Movimentos Verticais- Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima

    Estudamos dois tipos de movimentos verticais, que foram: Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima.
    Suas definições são: Queda Livre, dois corpos de massas diferentes num mesmo locas sem resistência do ar, que caem com a mesma aceleração(g) que g é aproximadamente 10m/s² na terra. As esquações que definem a queda de um corpo são: DeltaS=g.t²/2 que é a relação de deslocamento e tempo, V=g.t que é a relação de velociade e tempo e a ultima equeção que é V²=2.g.DeltaS que relaciona deslocamento e velocidade.
    Um exemplo desse movimento vertical seria, o da queda de uma caneta e uma bola amassada de papel, que são soltos no mesmo instânte e caem juntos no chão.
    Podemos conclúir então, que querda livre é onde se calcula a velocidade de uma queda, e que é um movimento de cima para baixo.


    Lançamento Vertical para Cima, é onde um corpo é lançado para cima com uma velociadade inicial numa trajétoria. Apartir desse lançamento sabemos que o tempo de subida do corpo é igual ao tempo de descida, também que a velocidade final é igual a velocidade inicial e que a aceleção é igual (a= -g) onde ultilizamos apenas o módulo ou seja a=|g| e a altura máxima é igual a zero. As mesmas equações ultilizadas na queda livre támbem são ultizadas no lançamento vertical para cima.
    Um exemplo deste movimento é quando lançamos qualquer objeto para cima, como por exemplo um lápis que atingi a altura máxima e depois desce.
    Conclúindo estes movimentos, podemos fizer que a queda livre é um mmovimento onde se calcula a velocidade da queda, e que o movimento é de cima para baixo, e o lançamento vertical para cima é um lançamento de um objeto onde atingi a altura maxima e depois desce.

    ResponderExcluir
  11. Nome:Camila Kynskowo Hulgado
    N° 09 1°C


    Queda livre e lançamento vertical para cima:definições e exemplos

    Denomina-se queda livre, na física, o movimento resultante unicamente da aceleração provocada pela gravidade.Em queda livre corpos de diferentes massas num mesmo local,sem resistencia do ar, caem com a mesma aceleração e se estiverem na mesma altura caem no mesmo intervalo de tempo.
    Exemplos de queda livre:
    Saltar de para quedas e coisas como bolinhas ou martelos caindo em direção ao solo.
    Lançamento vertical para cima é quando um corpo é lançado com uma velocidade inicial V0 numa trajeoria retilínea vertical.No lançamento vertical para cima o tempo de subida é igual ao tempo de decida e na altura máxima a velocidade é zero.
    Exemplos de lançamentos verticais para cima:
    Em um jogo de volei por exemplo quando o levantador vai passar a bola ele a joga para cima e quando perde força a bola desce.

    ResponderExcluir
  12. Nome: Giovana G. Reis
    Nº: 18 - 1ºA

    Denomina-se queda livre o movimento de subida ou descida que os corpos realizam no vácuo, nas proximidades da superfície da Terra. Podemos citar como exemplo: uma pessoa pulando de paraquedas.

    Lançamento vertical para cima:
    À medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade.Podemos citar como exemplo: quando um colega de classe pede algo emprestado e ele se encontra do outro lado da sala, quando você joga o objeto para ele acontece o lançamento vertical, o objeto atinge a velocidade zero no ar e quando O objeto cai, a velocidade vai diminuindo até chegar á V=0.

    ResponderExcluir
  13. Nome:Luiz Felipe
    Nº:30
    Série:1ºC

    Cinemática:Queda Livre e lançamento vertical

    Queda livre é qunado um corpo é submetido a ação gravitacional , sem nenhum anteparo.Com isso sua aceleração vai ser de aproximadamente de 10m/s².Algumas equações que nos possibili-tam descobrir tempo , deslocamento e veloci-dade são:DeltaS=GT²/2 com es formula é relacionado deslocamento e tempo,V=GT onde são relacionados velociddade final e tempo e por ultimo V²=2.G.DeltaS que relaciona a velocidade final e o tempo.
    Algumas caracteristicas da queda livre são: a velocidade inicial é sempre igual a 0(zero) , todos os corpos (desprezando a resistência do ar)caem com a mesma velocidade , logo a queda vai possuir um mesmo intervalo de tempo.
    O Lançamento vertical para cima é ontro fenomeno onde há a intervenção da gravidade , pois é ela que desacelera o corpo fazendo com que entre em queda livre , algumas fórmulas para descobrir o tempo o deslocamento e a velocidade são:DeltaS+V0.T-GT²/2 , que relaciona deslocamento e tempo , tem tambêm T=V0/Gque relaciona velocidade e tempo e a ultima é DeltaS=V0²/2G que relaciona velocidade e deslocamento.
    Algumas caracteristicas do lançamento vertical para cima são , que o tempo de subida é igual o tempo de descida e que na altura máxima a velocidade é nula pois ja foi desacelerado pela gravidade que no caso vale como aceleração na quada livre.

    ResponderExcluir
  14. Nome:Matheus Câmara
    nº44 Série 1ºc

    queda livre é quando um corpo entra em contato com uma ação gravitacional,sem nenhum obstáculo,de acordo com que sua velocidade escalar seja de 10m/s²,um dos exemplos para isso é um salto livre,de para quedar trampolim etc.

    lançamento vertical para cima,é quando um corpo é lançado a determinada altura cujo tal no seu ponto de altuma máxima sua velocidade escalar seja zero,e sua aceleração de acordo com o movimento escalar,um exemplo para esta situação é o arremesso de uma bola de tenias para cima na hora de realizar o saque.

    ResponderExcluir
  15. Nome:Camila Miyuki Saito Gomes Silva
    N°:10 1°C

    Movimentos verticais no nosso dia-a-dia

    A Queda livre ocorre quando um corpo é abandonado (ou seja, Vo=0) a uma determinada distância do solo.Enquanto no Lançamento vertical para cima o corpo, ao invés de ser abandonado, tem uma força aplicada sobre ele (o que impede que a velocidade inicial seja igual a zero.
    No nosso cotidiano nós somos rodeados pelos movimentos verticais, por exemplo, o simples ato de derrubar um lápis no chão pode representar a Queda livre (assim como o Bungee Jump e etc); e o lançamento vertical para cima pode ser demonstrado pelo lançamento de um foguete.

    ResponderExcluir
  16. Nome: Caio Fonseca
    n°7 1°a

    Queda Livre:
    Considerando um objeto em queda vertical, a partir do repouso, o efeito do ar é desprezado,a aceleração é constante e igual a G que na terra tem valor de 10.Se orientar a trajetória para baixo, o objeto realizará um (MUV) ou seja, com a aceleração igual a G.
    Exemplo: se soltarmos um violão e um lápis de uma mesma altura, os dois chegarão ao solo no mesmo tempo, ou seja juntos.

    Lançamento Vertical para Cima:

    Quando temos um objeto lançado para cima(onde a resistência do ar seja desprezível), a gravidade produz dois efeitos: freia o objeto na subida ate para-lo e depois faz o objeto cair, acelerando-o na descida, neste caso a aceleração de vôo na subida e na descida passa a ser negativa.

    Exemplo:
    Uma pedra é lançada verticalmente para cima, a partir do soloe depois de 10s retorna ao ponto de partida. Despreze o efeito do ar e adote g=10m/s². A velocidade inicial de lançamento da pedra em módulo é igual a 50 m/s

    ResponderExcluir
  17. Daniel Paschoal de Godoy - 1ºA - Nº12


    Movimentos: Queda livre e Lançaento Vertical para Cima

    A queda livre é quando soltamos um objeto em queda vertical que vem de um repouso(Vo=0). A resistência do ar é desprezada e a aceleração gravitacional (g) é, aproximadamente, igual a 10m/s². Um exemplo disso pode ser quando deixamos, sem querer, cair a moeda do lanche.
    O lançamento vertical para cima é quando jogamos um objeto para cima. Esse objeto recebe a influência da força gravitacional ou aceleração (a=-g). O 'g' é negativo, porque conforme o objeto sobe, a gravidade puxa ele para baixo diminuindo cada vez mais a velocidade de subida. Quando a velocidade chega a zero, nós encontramos a altura máxima (Hmáx 'V=0') e apartir daí, o objeto começa a descer. O tempo que o objeto demora para subir é o mesmo que ele demora para descer. Um exemplo disso é quando jogamos uma borracha para cima, dentro da sala de aula, e pegamos de volta na mesma altura.

    ResponderExcluir
  18. Nome: Larissa Alves de Lima.
    Nº: 26 – 1º B.

    Movimentos verticais: Queda livre e Lançamento vertical para cima.

    • Queda livre:

    O movimento de queda livre é uma particularidade do movimento uniformemente variado. Sendo assim, trata-se de um movimento acelerado. Esse movimento sofre a ação da aceleração da gravidade, aceleração essa que é representada por “g” e é variável para cada ponto da superfície da Terra. Porém para o estudo de Física, e desprezando a resistência do ar, seu valor é constante e aproximadamente igual a 9,8 m/s².

    Basicamente, a queda livre é o movimento vertical em que dois corpos de massas diferentes num mesmo local e de uma mesma altura, sem resistência do ar, caem com a mesma aceleração (g) e no mesmo intervalo de tempo. Na queda livre Vo = 0.
    Exemplos de queda livre são: um livro e uma caneta, por exemplo, que ao serem abandonados de uma determinada altura, chegam ao solo ao mesmo tempo e com a mesma velocidade. Outro exemplo é o bungee jump.

    • Lançamento vertical para cima:

    É quando um corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial (Vo) numa trajetória retilínea vertical. Nesse movimento o tempo de subida é igual ao tempo de descida. Na altura máxima (Hmáx) a velocidade escalar é zero e a aceleração é igual a
    -g, ou seja, a= -g , sendo g a aceleração gravitacional.

    Alguns exemplos de lançamento vertical para cima são: Um jogador de vôlei dando uma manchete e o lançamento de um foguete.

    ResponderExcluir
  19. Nome:Daniela Kameoka Higuchi nº8 1ºB
    A queda livre é quando a velocidade inicial é igual a zero,e sem a resistencia do ar dois objetos caem com a mesma velocidade, e considerando a gravidade na terra é igual a 10 m/s².Exemplos em nosso cotidiano podem ser:quando derrubamos algo no chao como lapis,cadernos,reguas,outro exemplo que acredito que esteja certo serião as chuvas...
    Lançamento vertical para cima:é o momento em que se lança o objeto para cima e sua aceleração é negativa ou seja na subida é -g,tempo de subida é igual ao de descida e quando chega no H max a velocidade em módulo é igual a 0.
    Alguns exemplos do nosso cotidiano podem ser:jogar uma bola de basquete para cima;um gato levando um susto (pulando e depois caindo no chão)...

    ResponderExcluir
  20. Nome: Laís T. Stanich
    No: 27 - 1o C

    Movimentos Verticais

    Queda livre é o nome dado para o movimento vertical que sofre interferência apenas da força gravitacional. Existem algumas características principais deste tipo de movimento, como por exemplo, corpos de massas diferentes, soltos de altura iguais, possuem a mesma aceleração e chegam ao solo no mesmo instante de tempo. Um exemplo disso no nosso dia-a-dia seria quando alguém salta numa piscina, ou até mesmo o paraquedismo.
    Lançamento vertical para cima é quando um objeto é lançado com uma velocidade igual a 0 numa trajetória retilínea. As características deste movimento são:
    - O tempo de subida do objeto é o mesmo que o tempo de descida;
    - Na altura máxima, a velocidade é igual a 0;
    - A aceleração gravitacional, nas equações, é negativa, pois a trajetória do corpo é inversa à gravidade. Podemos exemplificar o lançamento vertical através do lançamento de um foguete.

    ResponderExcluir
  21. Nome: Gabriel Cardoso nº 16 1ºB

    Queda Livre
    Quando um corpo se movimenta sujeito apenas à aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência, dizemos que este corpo está em queda livre. Logo, queda livre é um movimento que só existe no vácuo, pois, só assim, não temos a resistência do ar.

    Lançamento vertical para cima
    Á medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui(movimento retardado). Quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é a mesma: a=g, se a trajetória for orientada para baixo, e a=-g, se a trajetória for orientada para cima.

    ResponderExcluir
  22. Nome: Bruna Scaccabarozzi Rocha
    Nº: 04
    1º ano: B


    Queda livre e Movimento vertical para cima


    A queda livre é dada a partir do momento em que um corpo entra em movimento de queda, ou seja, tem um movimento vertical para baixo sem resistência do ar.
    Já movimento vertical para cima, é dado a partir do momento em que um corpo é lançado para cima, chegando à altura máxima (velocidade = 0) e tendo aceleração oposta à força gravitacional. Em seguida entra em um movimento para baixo, sem resistência do ar.
    Eis os exemplos:
    - Na queda livre um dos exemplos dados, pode ser de um gato ao cair da árvore, não sofrendo resistência do ar nem possuindo aceleração. Mantendo sua velocidade e caindo com as quatro patas no chão.
    - No movimento vertical para cima, temos o exemplo do professor Postal jogando o canetão para cima, até ser atingida a altura máxima e em seguida cair, tendo uma aceleração oposta à gravidade.

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Gabriela Weindler nº18 1º C

    -Queda Livre-
    A queda livre é um movimento uniformemente variado. Ocorre quando corpos de diferentes massas num mesmo local, sem resistência do ar, caem com a mesma aceleração gravitacional (g) sendo que na terra é equivalente a 10. Ou também, quando corpos de diferentes massas sem a resistência do ar, caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo.
    Exemplos:
    Ao soltarmos uma folha de caderno dobrada ao meio e um caderno da mesma altura, observamos que os dois caem no mesmo intervalo de tempo; uma pessoa pulando de pára-quedas; ou até mesmo uma pessoa pulando na piscina.

    Lançamento Vertical para cima –
    Ocorre quando um corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial Vo numa trajetória retilínea vertical. Com isso, podemos perceber que o tempo de subida do corpo é igual ao tempo de descida, a velocidade final é igual à velocidade inicial e a aceleração é igual a=|g| e a altura máxima é igual a zero.

    Exemplos:
    Quando chutamos uma bola para cima; ou quando lançamos um foguete para o espaço.

    ResponderExcluir
  25. Ana Carolina Aiko, nº 2 - 1º ano C


    Movimentos verticais

    Os movimentos verticais podem ser divididos em queda livre e lançamento vertical pra cima. A queda livre é um movimento que não apresenta velocidade inicial, por ser abandonado e partir do repouso. Sua aceleração é dada pela gravidade, portanto a velocidade independe da massa, fazendo com que corpos de diferentes massas (se soltos num mesmo instante, de uma mesma altura, desprezando-se a resistência do ar) cheguem ao solo juntos. Exemplos desse movimento são uma bolinha largada de certa altura ou um pulo de um monte ao chão, etc. Já o lançamento vertical pra cima é caracterizado por ser lançado para cima, e então a gravidade o trazer para baixo, tendo, assim, velocidade inicial. O movimento que o objeto fará será de uma parábola côncava para baixo, e, em seu ponto máximo, a velocidade será nula. Além disso, a duração da subida e da descida será a mesma. Exemplos desse movimento são uma bola chutada, uma pedra lançada, uma pipoca ao ser jogada para a boca, etc.

    ResponderExcluir
  26. Nome: Liliene Moreira
    nº 25 1ºA

    Conceito de Queda livre e lançamento vertical

    Queda Livre é o movimento vertical, próximo à superfície da Terra, quando um corpo de massa M é abandonado no vácuo ou em uma região onde desprezamos a resistência do ar.
    A queda livre é um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 10m/s² , chamada de aceleração gravitacional. Lançamento vertical para cima , é quando um corpo lançado para cima a sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade.
    Exemplos :
    Queda livre :
    • Uma nave espacial com seus propulsores desligados
    • A trajetória da Lua ao redor da Terra, a órbita da Terra ao redor do Sol, ou a órbita de um asteróide ao redor do Sol.

    Lançamento vertical para cima :
    Um canhão fazendo um ângulo de 90º com o solo e apontado para cima, lançando uma bola com uma velocidade inicial >0.
    O corpo subirá, atingirá o ponto de altura máximo ( v = 0) e chegará ao início do trajeto com a mesma velocidade com a qual foi lançada. O tempo de subida e o tempo de queda também são iguais.
    Exemplos extraidos dos sites : http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20091019104854AArL1yc
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Queda_livre

    ResponderExcluir
  27. Marcos Paulo Silva Sant'ana/ número:32 / 1B

    A queda livre e o lançamento vertical

    O entao chamado movimento vertical para cima,é denominado a partir do momento em que um determinado corpo é lançado para cima, atingindo a altura máxima, aonde a velocidade é igual a zero e a aceleração gravitacional é oposta ao lançamento,isso tudo através de uma trajetória retilínea. É bom lembrar, também, que o tempo de subida é igual ao tempo de descida. Como á exemplo, temos o nosso querido professor Postal lançando um canetão para cima; aonde torna-se vísivel que ao atingir a altura máxima o objeto tem a velocidade nula.
    Quanto ao movimento de queda livre, pode-se dizer que ocorre quando há a queda de um corpo verticalmente com o sentido para baixo, na qual a velocidade parte com uma velocidade inicial igual a zero, com uma aceleração uniformemente variada( que no caso é a gravidade), sem levar em conta a resistência do ar. Como exemplo, temos a queda de uma laranja e de uma pena, que ao serem abandonados de uma mesma altura, sem considerar a resistência do ar, caírão no mesmo intervalo de tempo e com a mesma velocidade.

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. Jean Tanaka Godoy
    nº 21 1ºA


    Conceitos e Característica de Movimentos Verticais

    Conceito de Queda Livre:

    Corpos de diferentes massas no mesmo local sem a resistência do ar, caem com a mesma aceleração (g); sem a resistência do ar caem na mesma altura, no mesmo intervalo de tempo.
    A = g = 10m/s²
    Exemplos:

    Um exemplo de queda livre é saltar de um avião sem abrir o para-quedas nos primeiros instantes da queda.Outro exemplo é um martelo sendo abandonada de cima de uma construção que cai de uma certa altura.

    Conceito de Lançamento Vertical para Cima:

    O corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial(Vo) numa trajetória vertical, e a velocidade final é igual a zero,velocidade de subida é a mesma de descida. A altura máxima do lançamento vertical a velocidade inicial é igual a zero, a aceleração (a) ou (g) é igual ao mesmo de descida. O tempo de subida é igual o tempo de descida (Tsub = Tdesc).

    Exemplos:

    Uma bola de basquete sendo arremessada para cesta. Fazer embaixadinhas com uma bola.

    ResponderExcluir
  30. Iuri Martins M . C Longo. Numero: 25 Série : 1ºB

    Conceitos de queda livre e lançamento vertical para cima.



    Conceito de queda livre> :)

    Quando um corpo se movimenta sujeito apenas à aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência, dizemos que este corpo está em queda livre. Logo, queda livre é um movimento que só existe no vácuo, pois, só assim, não temos a resistência do ar.
    Vimos em sala de aula, que ao soltarmos uma folha de caderno dobrada ao meio e um caderno da mesma altura, observamos que o caderno, por ser mais pesado, chega primeiro ao solo. Sabemos que isso acontece porque a resistência do ar exerce uma ação sobre os corpos e, sendo o caderno o corpo com maior massa, este chega primeiro ao solo.

    Lançamento vertical. :)

    Considere a considerando a tragetoria de uma bola na qual temos o lançamento de uma bola verticalmente para cima. Ao observar tal situação podemos concluir que existe um instante no qual a velocidade da bola cessa (V = 0). Como a velocidade é decrescente, podemos dizer ainda que esse movimento descrito por essa bola é um movimento uniformemente retardado, pois sua velocidade decresce à medida que varia sua posição. Como o lançamento vertical é um movimento uniformemente variado, a aceleração do móvel é constante. As equações que determinam o lançamento vertical são as mesmas do movimento uniformemente variado com pequenas diferenças.

    ResponderExcluir
  31. Rita de Kássia
    nº:39 1ºC

    Queda livre :):
    Foi descoberto por Galileu Galilei , quando todos os corpos que são soltos num mesmo local , livres da resistência do ar , caem com uma mesma aceleração, e independentemente de suas massas , e esta aceleração se chama Gravidade (g). Exemplo os tubinhos na sala de aula, um tinha vácuo [nada , somente uma pedrinha ] e no outro tinha o ar , e uma pedra também .. ao virarem os tubos , ambos chegam com a mesma velocidade !.}

    Lançamento Vertical Para Cima :):

    Quando um corpo é lançado nas proximidades da superfície da Terra, fica sujeito a uma aceleração constante isto é , orientada sempre para baixo, na direção vertical.Esse tipo de aceleração será estudada na Gravitação. Ela existe devido ao campo gravitacional terrestre.Nesses movimentos descendentes , procuramos orientar a trajetória para BAIXO , de forma que a aceleração escalar, tipo , seja igual ao valor da gravidade do local (a=g), sendo assim, o que mais temos que perceber nessas quedas é ver se tem ou não velocidade incial .!

    Tá ai Thi *-* ,
    abraços . ;*

    ResponderExcluir
  32. Nome: Boris V. Guedes
    Nº: 05 1ºC

    Lançamento Vertical para Cima e Queda Livre


    Lançamento Vertical para Cima:

    Lançamento Vertical para Cima ocorre quando um corpo é lançado para cima e vai perdendo velocidade, chegando ao ponto mais alto da trajetória com v=0 (nula), e desce com a mesma velocidade que a de subida.

    Ex.: - Uma bola lançada para cima.
    - uma caneta lançada para cima.

    Queda Livre:

    Queda Livre ocorre quando um corpo é solto em um espaço com resistência do ar desprezível ou nula (vácuo), acelerando a 10 m/s² (aceleração da gravidade).

    Ex.: - Uma bola solta de cima de uma cadeira.
    - Uma caneta solta de cima de uma cadeira.

    ResponderExcluir
  33. Nome: Gustavo de Azevedo Leitão
    Nº: 23 1ºC

    Lançamento Vertical para Cima e Queda Livre


    Queda Livre:

    Quando um corpo se movimenta em direção ao solo apenas com a aceleraçao que a gravidade lhe dá , desprezando qualquer tipo de ar assim dizemos que esse corpo está em queda livre.Podemos usar um exemplo de uma caneta caindo de cima de um avião direto ao chão e claro desprezando a resistencia do ar.


    Lançamento vertical para cima:

    Pode se chamar o movimento vertical para cima , a medida que um corpo sobe o módulo da sua velocidade diminui.E a partir do momento em que ele chega ao ponto máximo de sua altura o módulo de sua velocidade e exatamente zero.Em seguida o corpo inicia a sua decida em velocidade relativa a de que ele subiu é claro desprezando a resistência do ar.E no momento em que ele chega ao solo ele tem a mesma velocidade que ele foi lançado.

    ResponderExcluir
  34. Victor Gomes Ferreira
    N° 40
    1°B

    Movimentos Verticais

    Os Movimentos Verticais estão presentes em várias ocasiões de nosso cotidiano que muias vezes nem percebemos. Ao decorrer da explicação de tal, explicitarei alguns exemplos delas. Em geral, eles podem ser divididos, em duas partes, as quais denominamos "Queda Livre" e "Lançamento Vertical para cima" que, embora diferentes, são estudados juntas.
    A Queda Livre, como o próprio nome diz, é o ato de fazer um corpo cair verticamente em direção ao solo (sentido para baixo), onde sua velocidade inicial é igual a zero (como estudamos), pelo fato desse estar em estado de repouso antes da queda; e possui uma aceleração uniformemente variada (que nesse caso é a aceleração gravitaciol : g=10m/s²), desconsiderando a resistência do ar. Um exemplo disso em nosso dia-a-dia é a queda de um fruto de sua respectiva árvore, como uma maça, "razão" do estuda de Newton quanto a gravidade.
    O Movimento Vertical para cima, já possui algumas propriedades a mais que a Queda Livre. Esse é assim chamado logo após o momento em que qualquer corpo é lançado para cima verticalmente (sendo sempre perpendicular ao solo - trajetória retílinea) que, ao alcançar sua altura máxima, muda de sentido, tendo então uma velocidade igual a zero para realizar tal mudança. Além dessas características outras observadas são que o módulo da aceleração é igual ao módulo da aceleração gravitacional (g) e que o módulo da velocidade incial e da final são iguais, como também o tempo de subida e o tempo de descida.
    Podemos tomar por exemplo nosso simples ato de arremesar uma bola ao alto (lembrando que é uma trajétoria retílinea), ou qualquer outro corpo.

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Caio Santos nª8 1ºc

    Queda Livre:


    Queda livre, quando o corpo é solto apenas com a aceleração da gravidade ao solo, desprezando qualquer tipo de ar, podendo dizer que este corpo está em queda livre.
    Um exemplo, quando soltamos um livro de um prédio em direção ao chão, desprezando a resistência do ar.



    Lançamento Vertical:


    É lançamento vertical para cima, quando um corpo é lançado para cima, chegando ao ponto máximo da sua altura, o módulo da sua velocidade é zero, a medida que ele sobe sua velocidade dimínue.Depois o corpo começa a descer em velocidade relativa a de que subiu, desprezando a resistência do ar.E quando chega ao solo tem a mesma velocidade de quando foi lançado.
    Um exemplo, é quando jogamos um Thiago para cima e ele caí e quando atinge o ponto máximo ele vai caindo até chegar na velocidade incial.Lembrando que a resistência do ar é despresivel.

    ResponderExcluir
  37. Matheus Kenji Karubi Yokota
    Número 33
    Ano 1°C


    Queda livre: Conceitos:

    -Corpos de diferentes massas num mesmo local, sem a resistência do ar, caem a mesma aceleração.
    -Corpos de diferentes massas, sem a resistência do ar, caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo.


    Exemplo: O professor deixa sua caneta e seu apagador caírem no chão, sem a resistência do ar eles irão chegar ao chão no mesmo instante.

    Aceleração = Gravidade
    Vo = zero

    Lançamento Vertical para Cima: Conceitos:

    -O corpo é lançado com uma velocidade inicial Vo numa trajetória vertical.

    Exemplo: Um aluno arremessa uma caneta para cima, em uma trajetória vertical, a caneta irá cair ao chão com a mesma velocidade em que foi lançada.

    Aceleração = - Gravidade
    V = Vo
    Altura máxima: V = 0
    Tempo de subida = Tempo de descida

    ResponderExcluir
  38. Nome: Matheus Meirelles Morais
    Nº 34 1ºC

    Queda Livre:

    Queda livre é quando um objeto é solto de uma certa altura, sem a resistencia do ar, eles chegam ao solo juntos ao mesmo tempo.
    Exemplo: Pedreiro solta o tijolo de uma laje e o tijolo vai em direção ao solo. Professor deixa o apagador cair.

    Lançamento Vertical para Cima:

    Lançamento Vertical para Cima é quando um objeto é lançado verticalmente a uma velocidade inicial que vai diminuindo até chegar na altura maxima, quando o objeto para e volta ao ponto de lançamento aumentando a velocidade.
    Exemplo:
    Tem um mosquito no teto, você pega a almofada. Ela some, atinge o mosquito e volta a sua mão.
    Você está brincando com uma moeda, voce joga ela para cima, ela sobe até atingir a altura maxima, parando e retornando a sua mão com a mesma velocidade de quando ela saiu de sua mão.

    ResponderExcluir
  39. Nº4 - 1°C

    Existem dois tipos de movimentos verticais, são eles:

    Queda Livre: é o movimento em que um corpo é abandonado, estando em repouso, portanto não apresenta velocidade inicial(Vo=0). A aceleração desse movimento é representado pela força gravitacional(a=g=10 m/s²). Sendo assim, dois corpos de massas diferentes, soltos a partir da mesma altura, levam o mesmo tempo para atingir o solo.

    Lançamento Vertical para Cima: é o movimento de um corpo quando é lançado verticalmente para cima. Por ser lançado, esse corpo apresenta velocidade inicial(diferente da Queda Livre). Durante a subida esse corpo é puxado para baixo devido a ação da força gravitacional(a=-g=-10m/s²), desacelerando o corpo até atingir a altura máxima, instante no qual a velocidade é nula. Durante a descida o corpo apresenta aceleração de 10m/s²(aceleração gravitacional). Devido a essas características o tempo de subida é igual ao tempo de de descida.

    ResponderExcluir
  40. Felipe Augusto Gato Dutra
    série: 1C número:16

    Movimentos Verticais

    existem dois tipos de movimentos verticais: a Queda livre e o lançamento vertical para cima.

    Aqueda livre é um movovimento que se consiste em um objeto sendo solto a uma determinada altura sofrendo influencia apenas da gravidade.
    Na queda livre se dois objetos são soltos em um mesmo lugar a uma mesma altura, os dois objetos chegam ao solo ao mesmo tempo, independente do peso deles.Um exemplo de queda livre é quando se salta de paraquedas.

    Lançamento vertical para cima é im movimento em que você lança um objeto para cima verticalmente. Sendo assim o tempo de descida e o tempo de subida são iguais e a aceleração é negativa, e a velocidade na altura maxima é 0.Um exemplo desse movimento é quando jogamos uma bola verticalmente para cima e o tempo de subida e descida são iguais.

    ResponderExcluir
  41. Heloisa Nº 22 - 1ºB

    Queda Livre:
    Quando um corpo se movimenta apenas com aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência. Logo, queda livre é um movimento que só existe no vácuo, pois só assim, não temos a resistência do ar.
    Um exemplo de queda livre seria deixar cair um lápis no chão.

    Movimento Vertical Para cima:
    Considerando uma trajetória orientada para cima, em um lugar onde a aceleração da gravidade seja constante, com módulo igual a g, e os efeitos do ar desprezíveis, um objeto foi lançado para cima com velocidade em módulo igual a v0
    Um exemplo de queda livre seria quando você pula. Assim que seu pé sai do chão, seu corpo sobe com uma velocidade, e na altura máxima, essa velocidade é nula. A velocidade é a mesma, tanto da subida quanto na descida.

    ResponderExcluir
  42. Nome-Lucas Guedes V. Florim Nº26 1ºA

    Denominação de Queda Livre e Lançamento vertical para cima:

    O movimento de queda livre ocorre quando um corpo cai verticalmente do repouso, à uma certa distância do solo, até o solo. Nesse movimento a resistência do ar é desprezada, a velocidade inicial é igual a 0 (Vo=0) e a aceleração gravitacional, expressa por g, vale 10m/s, aproximadamente. Portanto
    se dois objetos de diferentes em massa são abandonados ao mesmo tempo da mesma altura, os dois caíram no chão mesmo tempo. Um exemplo comum de queda livre é quando se deixa cair uma caneta no chão.

    Já o lançamento vertical para cima ocorre quando um corpo é lançado verticalmente para cima. Nesse movimento há velocidade inicial, e a aceleração gravitacional vale 10 m/s, aproximadamente, portanto sua velocidade de subida e descida são iguais.

    ResponderExcluir
  43. Nome:Leonardo Paes Veloso- 1ºC Nº: 28

    Definição de Lançamento Vertical Para Cima e Queda Livre.

    Queda livre acontece quando um corpo é solto te uma certa altura, a sua aceleração é, na Terra, 10m/s², sem considerar a resistência do ar. Outras características desse movimento é a velocidade inicial(Vo) igual a 0m/s isso acontece porcausa dele deixar uma superfície em que a velocidade é nula, e a força gravitacional(que é a aceleração).
    E o lançamenti vertical para cima, ocorre quando algum objeto já sai do chão(Vo)com uma velocidade, e a força da gravidade, na Terra 10m/s² desconsiderando a resistência do ar. O tempo de subida e descida são iguais,a velocidade final e inicial também são iguais.

    ResponderExcluir
  44. Felippe S. Oliveira nº:16 1ºA


    Lançamento Vertical para Cima:

    O lançamento vertical, seria o lançamento de um corpo para cima verticalmente, sendo assim, o corpo não tem sua velocidade inicial igual a zero, e sua aceleração é oposta em relação a força gravitacional da Terra ( a=-g ). O corpo, quando lançado, possui seu tempo de subida igual ao tempo de descida, e no instante que atinge a altura máxima (Hmáx) sua velocidade é igual a zero (V=0).


    Queda Livre:

    Queda livre, é a queda de um corpo com sentido para baixo verticalmente, partindo de um repouso (Vo). Desprezando a resistência do ar,
    dois objetos com massas diferentes caem com a mesma aceleração (g), ainda desconsiderar a resistência do ar, corpos com massas diferentes caem da mesma altura com o mesmo intervalo de tempo (g=10m/s²)

    Exemplos:
    Lançamento Vertical para Cima: Ao lançar uma moeda para cima, tirando "cara ou coroa".

    Queda Livre: Quando deixamos o controle da TV cair

    ResponderExcluir
  45. Beatriz Luisa Vieira Rodrigues nº2 1ºB

    Queda Livre: É quando um objeto em sua queda pode desprezar a resistência do ar e a aceleração da gravidade (g)
    g (na Terra) aproximadamente 10m/s²
    Fórmulas:
    Δs = g.t²
    2
    Utilizo essa fórmula quando quero descobrir o deslocamento (Δs), ou o tempo (t).

    V = g.t
    Utilizo essa fórmula quando quero descobrir velocidade (V) ou tempo (t).
    V² = 2.g. Δs
    Utilizo essa fórmula quando quero descobrir velocidade ou deslocamento
    OBS: Em todas as fórmulas não utilizamos V(inicial) pois ele tem seu valor 0, e a (aceleração) é a mesma coisa que g.

    Exemplo do nosso cotidiano: Quando deixamos cair uma garrafa de água, ou um estojo no chão. Quando soltamos algo e deixamos cair no chão.
    Lançamento Vertical para cima: É quando jogamos um objeto para cima, com isso a gravidade (g) faz com que ocorra: O freio na subida (h máx = 0) e em seguida ele “volta para o chão” e acelera na descida. Devemos destacar que a velocidade na subida e na descida é a mesma.
    V= -V(inicial)
    a = -g
    São as mesmas fórmulas da queda livre, porém devemos substituir g por –g
    Exemplo do nosso cotidiano: Quando jogamos uma moeda para cima para poder tirar cara ou coroa

    ResponderExcluir
  46. Δs = g.t²/2 (Não saiu direito quando postei)

    ResponderExcluir
  47. Nome: Vinicius Lima Lustoza
    nº:40 Série: 1º A

    Queda livre e Lançamento vertical
    Conceitualmente o fenômeno físico “Queda Livre” seria: a queda de um corpo verticalmente com o sentido para baixo, com aceleração uniformemente variada (está aceleração é a força que a terra exerce sobre o corpo, denominada gravidade), partindo com uma velocidade inicial igual a zero, e chegando ao solo em determinado instante.
    No entanto o outro conceito, chamado “Lançamento Vertical”, seria o lançamento de um corpo verticalmente para cima. Neste conceito, o corpo não parte com uma velocidade igual a zero, e a aceleração gravitacional está em sentido oposto ao do lançamento. Em determinado instante o corpo atinge uma altura máxima, na qual sua velocidade é zero, e retorna ao solo em queda livre.
    Exemplos de ambos conceitos:
    Um exemplo de queda livre foi quando o comandante da Apollo 15, soltou simultaneamente uma pena e um martelo na lua, ambos os objetos caíram ao mesmo tempo,com a mesma aceleração, pois na lua a interferência do ar é desprezível.
    O outro exemplo é de “Lançamento Vertical”, quando lançamos algo para cima, como uma bola, em um determinado instante a bola para no ar e retorna ao solo, lançamos a bola com uma força na qual lhe vai conceder velocidade, e em determinado instante que a velocidade se torna zero, a força da gravidade faz com que ela entre em queda livre.

    ResponderExcluir
  48. Nome: Luiz Henrique Campos Ferreira Alves N°:29 1° Ano A

    Lançamento Vertical para Cima:

    É um fenômeno cujo um corpo ao ser arremessado para cima possui velocidade inicial diferente de zero, sendo o tempo de subida igual ao tempo de descida, a onde a velocidade na altura máxima (Hmax) é nula.
    Tal fenômeno tem a sua aceleração para cima interrompida, parando totalmente na altura máxima e retrocedendo já que sofre interferência da força gravitacional da Terra que o empurra para baixo (a=-g). Tendo o módulo da velocidade inicial igual ao módulo da velocidade final.
    Um exemplo desse fenômeno é uma pessoa jogando paintball e atira para cima.

    Queda Livre:

    É um fenômeno cujo um corpo ao ser abandonado, cai para baixo com uma velocidade inicial partindo do repouso. Onde dois objetos quaisquer soltos na mesma altura e possuindo massas diferentes caem com uma aceleração e tempo equivalentes (desprezando a resistência do ar).

    Um exemplo desse fenômeno é um atleta olímpico de salto ornamental que realiza um salto em uma competição.

    ResponderExcluir
  49. Erika Goes Petruk Nº15 1ºA

    Queda livre e Lançamento Vertical para Cima :

    Queda livre é quando ha uma queda de um objeto para baixo verticalmente. Desprezando a resistência do ar , dois corpos iguais caem na mesma velocidade, partindo do repouso (Vo=0)
    Ex: quando estamos na escola e deixamos a lapiseira cair no chão.

    Lançamento vertical para cima é quando um objeto é lançado para cima de um ponto de repouso igual a zero (Vo=0), obtém sua altura maxima e cai na mesma velocidade que a velocidade de subida (em módulo)
    Ex:Quando nós jogamos a bola de vôlei para cima quando vamos sacar.
    Tchau Tchau

    ResponderExcluir
  50. Nome: Natália Mendes Pereira Nº: 32 série: 1ºA

    Tirando Dúvidas
    O professor Cinê, chega à sala, e sua aluna Natália, que sempre se mostrou muito interessada por física, foi logo dizendo:
    - Professor, eu fiquei interessada na nossa ultima matéria, sobre lançamento vertical e queda livre, então decidi pesquisar mais a fundo e, descobri que Galileu Galilei contrariou a crença dos gregos, de que quanto maior a massa de um corpo menos tempo ele gasta na queda. Ele comprovou que corpos de massas diferentes caem com a mesma aceleração, de uma mesma altura, no mesmo intervalo de tempo.
    E pesquisando isso, me lembrei de vários exemplos que você deu em aula de queda livre no nosso cotidiano, como o de soltar um objeto do alto de um prédio, uma caneta caindo na mesa, ou uma pedra caindo no chão. E também de lançamento vertical, como o lançamento de uma bola de futebol verticalmente para cima, ou uma criança brincando de jogar uma bolinha para cima. Mas, ainda assim eu gostaria de perguntar, qual é a diferença conceitual entre queda livre e lançamento vertical, afinal, de nada adianta eu saber todas as fórmulas “decoradíssimas”, se eu não sei explicar conceitualmente e tenho um texto pra fazer e postar no seu blog sobre esse assunto!
    Então o professor fala:
    - Pois bem, primeiramente você já sabe que na queda livre o corpo é SUSPENSO, SOLTO, ABANDONADO e no lançamento vertical o corpo é LANÇADO NUMA TRAJETÓRIA VERTICAL.
    A partir disso, conseguimos diferenciar:
    ->Na queda livre, o corpo é abandonado com velocidade inicial nula, já no lançamento vertical , quando o corpo abandona o solo, ou a nossa “mão”, ele ganha uma velocidade QUE, só é igual a zero na altura máxima, onde ele inverte o sentido (e não perde a aceleração.)
    ->Como ambos os casos se tratam de movimentos que tem aceleração constante, gravitacional (a = g = 10m/s², na terra) os classificamos como MUV, (movimento uniformemente variado) e tendo essa classificação, usamos para os dois, as mesmas equações, com a diferença que, no lançamento vertical o “g” é negativo, por que a aceleração gravitacional está em sentido oposto ao do lançamento.
    ->No lançamento vertical o tempo de subida é igual ao tempo de descida, assim como a velocidade, em módulo também é igual, se o corpo for lançado e voltar ao mesmo ponto de onde partiu.
    Aaah e é claro, né “Dona. Mendes” que, isso tudo que estou falando é DESPREZANDO A RESISTENCIA DO AR, já que é só assim, no vácuo, que a massa não vai influenciar no tempo da queda, pois não “interage” com o ar.
    Satisfeita, a aluna sorri para o professor, faz um pequeno complemento no seu texto.

    (Postal, tentei fazer algo diferente, não sei se vai aceitar):*

    ResponderExcluir
  51. Nome: Gabriela de C.G. Tomosigue n°: 19 1ºB

    Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima

    Queda Livre: Foi uma teoria estudada prireiramente por Aristoteles,e que por muitos anos foi considerada certa; mas depois de um tempo Galileu Galilei fez experimentos de abandonar da Torre de Pisa esferas de mesmo peso e ao mesmo tempo e verificou que elas chegavam ao solo no mesmo instante; assim comprovou que Aristoteles estava errado.
    Nessa experiencia Galileu Galilei percebeu que existia uma força que retardava o movimento das esferas. Então falou que o ar tem uma grande influencia sobre a queda dos corpos.
    Quando dois corpos são abandonados, no vácuo ou no ar com uma resistência desprezivel, de uma mesma altura, o tempo de queda é o mesmo para os dois, mesmo com pesos diferentes.
    A queda livre é um movimento uniformemente variado (MUV), então ele é um movimento acelerado. Essa aceleração é causada pela gravidade.
    v=g.t e d=g.t²/2
    Exemplo: Quando soltamos duas coisas com pesos diferentes, como um caderno e um estojo, os dois chegao no chao ao mesmo tempo
    Lançamento Vertical: Na queda livre a gravidade acelera o movimento, ja no lançamento vertical ela tem dois efeitos: ela freia o movel na subida ate ele parar e logo depois faz o movel decer, acelerando-o.
    S = S0 + v0t +1/2gt2
    V = V0 + gt
    Exemplo: Quando jogamos uma bola para cima, ela chega ate um ponto, depois desce, e entra em queda livre.

    ResponderExcluir
  52. Vitoria Holanda Feitosa Lopes Nº41 1ºA

    Movimentos Verticais
    Queda Livre: a queda livre acontece quando algum corpo cai do seu ponto de repouso (Vo=0)verticalmente em direção ao solo. Dois corpos com o mesmo peso e desprezando a resistencia do ar, caem na mesma velocidade e chegam ao solo juntos.
    Ex: quando jogamos algo no lixo

    Lançamento vertical para cima: acontece quando lançamos um objeto no ar verticalmente para cima. Desprezando a resistência do ar, a velocidade de subida e descida do corpo é igual em módulo.
    Ex: quando brincamos de jogar balas para cima e tentamos pegar com a boca.

    Beijoo Postaaaal =D

    ResponderExcluir
  53. Nome:Eduarda vicentini
    n°:11 - 1°B

    MOVIMENTOS VERTICAIS
    Queda livre é um movimento uniformemente variado, onde a velocidade inicial é zero (Vo = 0) a força gravitacional na Terra é aproximadamente 10m/s²/. Quando dois corpos de massas diferentes num mesmo local, caem com a mesma aceleração, a mesma altura sem a resistência do ar atingem o mesmo intervalo de tempo.
    Ex:Uma caneta e um caderno, quando soltos da mesma altura caem com o mesmo intervalo de tempo.

    Lançamento vertical para cima é um movimento de um corpo lançado para cima com uma velocidade inicial (Vo) num trajetória retilínea, onde a altura máxima velocidade é zero (V = 0) o tempo de subida é igual o tempo de descida, o módulo da aceleração é igual a gravidade e o módulo de velocidade é igual ao módulo da velocidade inicial.
    Ex: Um objeto é lançado para cima, quando atingir sua altura máxima a velocidade é nula. O tempo de descida é o mesmo tempo de descida.

    ResponderExcluir
  54. Tatyane Rangel
    1ºA / nº35

    Movimentos Verticais
    Queda Livre: Podemos dizer que queda livre são corpos de massas diferentes em um mesmo local e desprezando a resistência do ar, caem com a mesma aceleração(g). E quando caem de uma mesma altura, caem no mesmo intervalo de tempo. Ex: Uma caneta e uma bola de futebol, apesar de massas diferentes caem em um mesmo intervalo de tempo.

    Lançamento Vertical p/ Cima: Quando o corpo é lançado para cima, sua velocidade inicial é igual a zero (V=0). O tempo de subida e descida é o mesmo em módulo. Ex: Quando o Postal lança seu canetão para cima, atinge a altura máxima e a velocidade é nula.

    ResponderExcluir
  55. Nome: Caio Gonçalves de Morais - 08 - 1ºA

    Queda livre:
    É um M.U.V. O objeto é solto com uma velocidade inicial igual a 0. Se dois objetos de massas diferentes forem soltos, eles chegarão ao solo ao mesmo tempo, por causa do g = 10 m/s², e porque a resistência do ar é despresível.

    Lançamento Vertical para cima:
    O corpo é lançado com uma trajetória vertical, e com uma velocidade inicial. Quando o objeto chega a altura máxima a velocidade é zero.
    Outras características são: que o tempo de subida e descida são iguais, a velocidade final é a mesma em módulo da inicial e que a aceleração é a aceleração gravitacional negativa

    ResponderExcluir
  56. Érika Solodcoff - 15
    1ºC.

    Queda Livre e Movimento Vertical para Cima

    Conceitualmente a queda livre é considerada um movimento vertical que é interferido apenas pela força da gravidade. Algumas caracteríscas são colocadas para esse tipo de movimento: corpos que possuem massas distintas, quando são soltos de uma altura igual, alcançam a mesma aceleração e chegam ao solo no mesmo tempo. Temos exemplos rotineiros que demonstram a queda livre, o paraquedismo ou um salto de um trampolim.
    Já o lançamento vertical para cima consiste no lançamento de um objeto, onde sua velocidade é zero, numa trajetória em linha reta. As características possuídas são: o tempo de subida e descida é o mesmo, em seu ápice, na altura máxima, a velocidade é zero e a aceleração gravitacional, nas equações e fórmulas, é negativa porque o caminho que o corpo faz é inversa a gravidade. O exemplo obtido pelo lançamento vertical para cima foi o lançamento de uma caneta para cima(feito em sala de aula pelo próprio professor) e o lançamento de um foguete.

    ResponderExcluir
  57. Nome: Letícia Oliveira nº: 29
    – 1º ano EM -B

    Movimentos Verticais

    Queda Livre:

    A queda livre é ocorre quando um corpo, independente da massa e sem resistência do ar cai no solo. Ou seja, se dois corpos foram lançados, com massas diferentes e sem resistência , eles caíram ao solo com o mesmo intervalo de tempo.
    A aceleração do corpo, neste caso, será a gravidade na terra, que é aproximadamente 10m/s².

    As equações que utilizaremos relacionadas a queda livre são:

    De movimento:

    - Deslocamento e Tempo
    S = So + Vo.t + gt²/g ou


    /\s= gt²/2


    - Velocidade e Tempo

    V = Vo + gt ou

    V = gt

    -Velocidade e Deslocamento

    V² = Vo + 2.g./\s ou

    V² = 2.g./\s


    * g é a aceleração causada pela gravidade(g=a)
    *Vo é a velocidade inicial
    */\s é o deslocamento

    A queda livre teve inicio com o estudo do grande filosofo Aristóteles,em 300 a.C., afirmando que, se duas pedras caíssem de uma mesma altura, a mais pesada atingiria o solo primeiro. Tal afirmação foi aceita durante vários séculos tanto por Aristóteles quanto por seus seguidores, pois não tiveram a preocupação de verificar tal afirmação.
    ‘Após a realização de outros experimentos de queda de corpos, Galileu percebeu que os corpos atingiam o solo em diferentes instantes. Observando o fato dessa diferença de instantes de tempo de queda, ele lançou a hipótese de que o ar tinha a ação retardadora do movimento. Anos mais tarde foi comprovada experimentalmente a hipótese de Galileu. Ao abandonar da mesma altura dois corpos, de massas diferentes e livres da resistência do ar (vácuo) é possível observar que o tempo de queda é igual para ambos.’



    o Um exemplo da queda livre é quando cai algum objeto(lápis) no chão.



    Lançamento Vertical para cima:

    O Lançamento vertical para cima acontece quando um obejeto é lançado verticalmente para cima, com uma velocidade inicial igual a zero.
    A velocidade, do objeto, na altura máxima (Hmax) é igual a zero.
    O tempo de subida e o de descida é igual, e com a mesma velocidade em módulo.
    A aceleração é a gravidade em módulo [10m/s²]


    Função Horária:

    - Deslocamento e tempo

    S = So+Vo.t+(-g)t²/g

    - Velocidade e tempo


    V = Vo + (-g)t

    Obs: Altura maxima (V = 0)

    0 = Vo- gt --> Tsub = Vo/g


    - Velocidade e deslocamento


    V² = Vo + 2.(-g)./\s


    Obs: Altura Máxima (V = O)

    O² = V² - 2.(-g)./\s

    Vo² = 2.g./\s --> /\s = Vo²/2g




    *-g é a aceleração causada pela gravidade(-g=a)
    *Vo é a velocidade inicial
    */\s é o deslocamento

    o Um exemplo disso é quando jogamos uma bola verticalmente para cima.

    ResponderExcluir
  58. Caroline Sacco Arantes de Miranda nº7 1ºB

    Movimentos Verticais

    Queda Livre: São dois corpos de massas diferentes num mesmo local, sem resistência do ar e com a mesma aceleração (g)
    Quando dois corpos quaisquer são abandonados, no vácuo ou no ar com resistência desprezível, da mesma altura, o tempo de queda é o mesmo para ambos, mesmo que eles possuam pesos diferentes.
    (g=10 m/s²)
    Exemplo: Quando soltamos um lápis e uma garrafa no ar, eles chegam ao mesmo tempo no chão, mesmo com pesos diferentes.

    Lançamento Vertical Para Cima: O corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial 'Vo' numa trajetória retílinea vertical. (V=0)
    Á medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui(movimento retardado). Quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é a mesma: a=g, se a trajetória for orientada para baixo, e a=-g, se a trajetória for orientada para cima.

    ResponderExcluir
  59. Felipe Moreno nº42 1ºA

    MOVIMENTOS VERTICAIS!

    Queda Livre: É o movimento vertical, próximo à superfície da Terra, quando um corpo de massa m é abandonado no vácuo ou em uma região onde desprezamos a resistência do ar.
    A queda livre é um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 9,8 m/s2 (ao nível do mar), chamada de aceleração gravitacional.
    Na queda o módulo da velocidade do corpo aumenta, o movimento é acelerado, e, portanto, o sinal da aceleração é positivo.
    Quando um corpo é arremessado para cima ou para baixo, com uma velocidade inicial não nula, chamamos o movimento de Lançamento vertical. Esse movimento também é um movimento uniformemente variado como na queda livre, onde a aceleração é a da gravidade.

    Lançamento Vertical Para Cima: À medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade.

    TCHAU

    ResponderExcluir
  60. Thiago Piffer nº41 1ºC

    Queda livre:

    Quando um corpo se movimenta sujeito apenas à aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência, pode afirmar que esta em queda livre. A queda livre é um movimento que só existe no vácuo, somente assim, não tendo a resistência do ar.
    Os corpos de diferentes massas, sem a resistência do ar, caem na mesma altura no mesmo intervalo de tempo.

    Ex: A queda de um lápis para o solo ou a queda de um caderno ao solo.

    Aceleração vertical para cima:

    Á medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui, quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é sempre a mesma: a=g, sendo a trajetória para baixo, e a=-g, se a trajetória mudada para cima.

    Ex: Quando jogamos uma borracha para cima, e pegamos de volta na mesma altura.

    ResponderExcluir
  61. Érica Camillo Azzellini 1ºA nº14

    M.U.V em queda livre e lançamento vertical

    >QUEDA LIVRE

    É quando um objeto é largado/solto e desloca-se vai para baixo verticalmente. Sua velocidade inicial é nula e através de fórmulas podemos identificar o tempo, velocidade e deslocamento.

    Tempo OU deslocamento:

    Δs = g.t²/2

    Velocidade OU tempo:

    V = g.t

    Deslocamento OU velocidade:

    V² = 2.g. Δs,
    sendo g a força gravitacional.

    Encontramos exemplos de queda livre em vários aspectos de nosso cotidiano, como ao derrubar um livro no chão ou uma gota d'agua ao chover, além do exemplo clássico da maçã de Newton. Queda livre serviu inclusive de inspiração para uma música chamada Frei Im Freien Fall (livre em queda livre)hehe

    > LANÇAMENTO VERTICAL PARA CIMA

    É quando um objeto é jogado/lançado para cima em uma trajetória retilínea.

    As fórmulas para identificarmos a velocidade, deslocamento e tempo são iguais as da queda livre, mas diferem no g, que é negativo devido ao sentido de seu movimento na subida (vai no sentido oposto ao da gravidade). Além disso, no ponto mais alto, a velocidade é nula.

    Este lançamento é encontrado ao brincarmos com uma moeda jogando-a para cima e no salto de um atleta.


    > Lembrando que a resistência do ar em ambos os casos é desprezada.

    Beijos, Cine!

    ResponderExcluir
  62. Natasha Costa Narcizo - 1° C n° 37

    Queda livre e Lançamento Vertical Para Cima

    A Queda Livre consiste em corpos de diferentes massas ocupando um mesmo local, SEM A RESISTÊNCIA DO AR, que 'caem' com a mesma aceleração escalar. Já corpos de diferentes massas caem da mesma altura com o mesmo intervalo de tempo, SEM A RESISTÊNCIA DO AR. a aceleração é igual a gravidade da terra que vale 10 m/s² com características 'vindas' de fórmulas (abaixo), como por exemplo: o valor da velocidade inicial ser nulo devido ao abandono solto, entre outros..

    Fórmulas Das Equações de Movimento:
    DESLOCAMENTO E TEMPO:
    S = So + Vot + at²/2
    VELOCIDADE E TEMPO:
    V = Vo + a.t
    VELOCIDADE FINAL E DESLOCAMENTO:
    V² = 2.g.(delta)S


    Lançamento Vertical Para Cima

    Um corpo é lançado numa trajetória retilínea vertical com uma velocidade inicial. As principais características apresentadas pelo lançamento vertical para cima são:
    -> O temo de subida tem o mesmo valor que o tempo de descida;
    -> A velocidade é igual a velocidade inicial (Vo)negativa,
    -> A velocidade é nula quando a altura é máxima.

    Fórmulas utilizadas:

    DESLOCAMENTO E TEMPO:
    (delta)S = Vot - gt²/2
    VELOCIDADE E TEMPO
    V = Vo - g.t
    VELOCIDDE E DESLOCAMENTO:
    V² = Vo² + 2. g. (delta)S

    ResponderExcluir
  63. Hugo Monteiro – 1º ano C – Número 24

    Lançamento Queda Livre - Vertical Para Cima

    Queda Livre :
    A definição de queda livre, é quando um corpo é abandonado de uma certa distancia do solo com velocidade inicial igual a zero (Vo = 0). No movimento de queda livre, a aceleração é sempre constante e a gravidade é igual a 10 (na terra).
    Exemplo : Se soltarmos dois corpos de massas diferentes, mas de mesma altura, esses dois corpos irão chegar ao solo ao mesmo tempo se não sofrerem nenhum desvio, Ou seja se soltarmos uma caneta e um apagador ao mesmo tempo e de mesma altura, sem a resistência do ar os dois corpos irão chegar ao chão no mesmo tempo.

    Lançamento Vertical Para Cima :
    Lançamento vertical para cima, ocorre quando lançamos um corpo para cima com trajetória retilínea vertical, esse movimento tem algumas regras como :
    - a = g. A aceleração é igual a gravidade (na terra g = 10)
    - H max = V = 0. Quando um corpo atinge a altura máxima, ele tem velocidade igual a zero.
    - V = Vo. |V| = |Vo| - A velocidade inicial é igual a velocidade final.
    - T sub = T des. O tempo de subida de um corpo onde o ar é desprezível é igual ao tempo de descida.
    Exemplo: Quando jogamos uma borracha para cima, com trajetória retilínea vertical, essa borracha ira chegar ao chão com a mesma velocidade que foi lançada.

    ResponderExcluir
  64. Thiago Angelini Alcantara 1ºA 36

    Existem dois tipos de lançamento verticais. O lançamento vertical para cima e o lançamento de queda livre. O lançamento vertical para cima é quando jogamos um objeto para cima e ele volta com a mesma velocidade para baixo depois de certo tempo. A velocidade no ponto mais alto que o objeto é lançado é nula, pois é o momento em que o objeto chega ao seu limite de altura e volta para o chão. Podemos calcular o tempo que o objeto demora em subir e descer, a velocidade inicial e a distância que o objeto percorreu. Para calcular isso nos usamos a gravidade da terra q é aproximadamente g =10 m/s² e desprezamos a resistência do ar. Para calcular usamos essas formulas: - deslocamento e tempo: Delta S =v0 t – gt²/2 - velocidade e tempo: V = v0 – gt - velocidade e deslocamento: V²= v0² - 2g Delta S.
    O lançamento de queda livre é quando o objeto é solto de uma serta altura, e que tem uma aceleração provocada pela gravidade. A velocidade inicial é sempre zero e a final sempre diferente de zero. Se dois corpos com massa diferente cair da mesma altura ao mesmo tempo e se não tiver a resistência do ar eles chegarão ao chão ao mesmo tempo, mais se tiver a resistência do ar eles chegarão a tempos diferentes. As formulas usadas para calcular a distancia, tempo e velocidade são: - tempo e deslocamento DeltaS=gt²/2 - velocidade e tempo V=gt - deslocamento e tempo V²=2gDeltaS

    ResponderExcluir
  65. Juliana Tarpinian - 1ºC - Nº25

    Queda livre.

    "Quando dois corpos quaisquer são abandonados, no vácuo ou no ar com resistência desprezível, da mesma altura, o tempo de queda é o mesmo para ambos, mesmo que eles possuam pesos diferentes."

    O movimento de queda livre, como já foi dito, é uma particularidade do movimento uniformemente variado. Sendo assim, trata-se de um movimento acelerado. Esse movimento sofre a ação da aceleração da gravidade, aceleração essa que é representada por g e é variável para cada ponto da superfície da Terra. Porém para o estudo de Física, e desprezando a resistência do ar, seu valor é constante e aproximadamente igual a 10 m/s.

    Exemplo: Uma caneta caindo da mesmo, um salto na piscina.

    Lançamento vertical para cima

    À medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade. O tempo que o objeto leva para subir é igual ao tempo de descida. Quando um objeto está na subida, podemos dizer que sua velocidade escalar é positiva e seu movimento é progressivo, já na descida a velocidade escalar é negativa e seu movimente é retrógrado. Sempre na descida, o movimento será acelerado, porém na subida o movimente sempre será retardado.

    Exemplo: Foguete sendo lançado, uma pessoa na saltando na cama elástica.

    ResponderExcluir
  66. Leticia Moschetti nº29 1ºC

    Movimentos Verticais.

    Queda Livre

    É quando dois corpos são abandonados, no vácuo ou no ar com resistência desprezível, da mesma altura, o tempo de queda é o mesmo, mesmo possuindo pesos diferentes.
    Ex: Se colocarmos uma lápis e uma borracha no ar, ambos caíram juntos, mesmo possuindo pesos diferentes.

    Lançamento Vertical para Cima

    Ao soltar um corpo lançado-o para cima, sua velocidade escalar diminui até que ela se torne anula chegando em seu ponto de altura máxima. Depois, o corpo desce aceleradamente e se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração será igual.

    ResponderExcluir
  67. Nome : Raissa Mendes – numero : 38 - 1º B

    QUEDA LIVRE

    Se da quando dois corpos de massas diferentes, sem resistência do ar, caem com a mesma aceleração (g), e sem resistência do ar caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo
    *deslocamento e tempo
    S = So + Vo.t + gt²/g ou

    * velocidade e tempo
    V = Vo + gt

    *velocidade e deslocamento
    V² = Vo + 2.g./\s

    Podemos citar como queda livre, quando um objeto é jogado de um prédio

    LANÇAMENTO VERTICAL PARA CIMA

    Quando um corpo é jogado para cima com velocidade inicial igual a zero, em uma trajetória vertical. E quando esse corpo atinge o ponto mais alto a velocidade é nula.
    *deslocamento e tempo
    S = So+Vo.t+(-g)t²/g

    *velocidade e deslocamento
    V² = Vo + 2.(-g)./\s

    * velocidade e tempo
    V = Vo + (-g)t

    Podemos citar como lançamento vertical para cima quando jogamos um objeto para cima, na vertical

    ResponderExcluir
  68. Gabriela Maroscia N.°: 20 1° ano B.

    Queda Livre

    Queda livre são quando corpos de massas diferentes, são soltos, desprezando a resistência do ar, caindo com a mesma aceleração, e o tempo de queda, é igual para os dois.
    É particularmente um movimento uniformemente variado (MUV). Dai, um movimento acelerado.

    Exemplo: Quando abandonamos uma caneta e um apagador no ar, mesmo com pesos diferentes, eles chegam no mesmo tempo.

    Lançamento Vertical Para Cima

    Lançamento vertical é quando lançamos um corpo numa trajetória retilínia vertical, com uma velocidade inicial(V = 0). O lançamento vertical também é um movimento uniformemente variado, e a aceleração é constante. E no lançamento vertical podemos ter movimentos de ambos os sentidos, para cima pra baixo, e de baixo para cima.
    O seu tempo de subida, é igual ao seu tempo de descida (Tsub = Tdesc). E na sua altura máxima, ela se torna nula, e depois desce desaceleradamente. (Hmáx = 0)

    Exemplo: Quando jogamos uma bola para cima, essa bola vai chegar ao chão com a velocidade igual que foi jogada.

    ResponderExcluir
  69. Ana Karoline Tavares, nº03, 1ºA

    Movimentos Verticas

    -Queda Livre é um o movimento vertical, que um corpo de massa m é abandonado no vácuo ou em uma região onde desprezamos a resistência do ar. É um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e aproximadamente a 10m/s², chamada de aceleração gravitacional.

    Podemos calcular, através dessas fórmulas:
    *(equação horária do espaço)
    S=g.t²/2

    Onde: g é a aceleração da gravidade (10m/s²)
    t é o tempo de queda.
    S é a altura

    *(equação horária da velocidade):
    V=g.t

    Onde: v é a velocidade

    (equação de Torricelli):
    V²=2a/\s

    -Lançamento vertical pra cima : Á medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade. O tempo de subida é o mesmo que o tempo de descida, e a velocidade é igual a velocidade inicial (Vo) negativa.
    As formulas para se calcular, são as mesmas de queda livre, diferenciando o 'g', que é negativo.

    **Exemplos :
    -Ao jogarmos um objeto do alto de um prédio, pode ser relacionado à queda livre.

    - Um salto de um atleta (salto por cima de uma barra), pode ser relacionado ao laçamento vertical para cima.

    ResponderExcluir
  70. Gabriel Muras Fuentes Jazra - 1ºC - Nº 17

    Queda Livre: É um movimento que sofre a aceleração somente da gravidade, ou seja quando um objeto é solto de uma certa altura e com a sua velocidade inicial igual a zero.
    Essa aceleração não depende da massa do objeto,por exemplo se dois objetos forem soltos na mesma altura ao mesmo tempo sem a ação da resistência do ar, eles chegarão ao solo no mesmo instante de tempo.
    As formulas relacionadas a Queda Livre são:

    -Deslocamento e Tempo: ∆s=g.t²/2

    -Velocidade e Tempo: V=g.t

    -Velocidade e Deslocamento: V²=2g.∆s


    Lançamento Vertical Para Cima: Ocorre quando um objeto é lançado a uma velocidade inicial igual a zero, em uma trajetória retilínea para cima.
    Algumas características são o fato da altura máxima do objeto ser igual a zero, o tempo de subida é igual ao tempo de descida e a velocidade de subida é a mesma velocidade da descida.
    Por exemplo quando eu lanço um objeto verticalmente para cima ele vai levar o mesmo tempo e a mesma velocidade da subida na sua descida, e a sua velocidade na altura max antes da descida será nula.

    ResponderExcluir
  71. Gabriel Almeida Nº 17 1º B

    Queda Livre

    Definição: Quando dois corpos quaisquer são abandonados, no vácuo ou no ar sem a resistência, da mesma altura, o tempo de queda é o mesmo para ambos, mesmo que eles possuam pesos diferentes.


    Exemplos no cotidiano: Ao deixarmos cair uma pedra e uma pena da mesma altura, sem a resistência do ar, o tempo da queda é igual, mesmo tendo pesos distintos.


    Lançamento Vertical para Cima

    Definição: À medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade. O Tempo de subida é igual ao de descida.

    Hmáx -> V = 0
    V = -V
    A = -g

    Exemplos no cotidiano: Ao lançar uma bola para cima, quando atinge sua altura máxima, o tempo da subida é igual ao de descida.

    ResponderExcluir
  72. Gabriela Bernardo Marasca nº18 1º ano B

    Queda Livre: É quando dois corpos de massas diferentes num mesmo locar caem com a mesma aceleração(g= 10 m/s²), independente do tamanho.
    Ex: Quando um lápis e uma tesoura são jogados ao chão, chegam com o mesmo tempo.

    Lançamento Vertical para Cima: Quando um corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial de 0, em uma trajetória retilínea. A altura máxima atingida por esse corpo é nula a velocidade.
    Ex: Uma pessoa pulando no trampolin.

    ResponderExcluir
  73. Juliana Dias – Nº 23 – 1º ano A

    Movimentos Verticais.

    Denomina-se queda livre o movimento de descida de um corpo ao ser abandonado sob a ação gravitacional. A velocidade inicial de um corpo qualquer ao ser abandonado é igual a zero e sua aceleração aproxima-se de 10 m/s². Na queda livre, corpos de massas diferentes chegam ao solo no mesmo instante de tempo, pois a resistência do ar é desprezível. Podemos citar como exemplo de queda livre uma pessoa pulando de pára-quedas.

    Lançamento vertical para cima ocorre quando um corpo é lançado contra a ação gravitacional e sua velocidade inicial não é nula, porém, durante o percurso de subida, essa velocidade vai diminuindo até que atinja valor igual a zero em sua altura máxima. No lançamento vertical para cima, o movimento é retardado, portanto a aceleração torna-se negativa. Para qualquer corpo nesta situação, o tempo de subida é igual ao tempo de descida. Como exemplo, podemos citar o lançamento de uma bola.

    ResponderExcluir
  74. Nome: Bruna Gomes Rios n: 06 1 ano C

    Movimentos Verticais
    Queda livre:
    Ocorre quando um objeto e solto onde possui ausencia de ar (vacuo) caindo verticalmente (queda vertical), com aceleraçao da gravidade constante (igual a g) g=10 (metros por segundo ao quadrado). A trajetoria para baixo, o objeto fara um movimento uniformemente variado (MUV).
    Usando as seguintes formulas para relacionar a altura de descida com o seu tempo de queda:

    Lançamento vertical para cima:
    Ocorre quando lançamos um objeto verticalmente para cima, chegando gravidade e igual aceleraçao
    Para considerarmos um objeto lançamento verticalmente para cima, a presença do ar e desprezivel, ate quando o objeto chega em sua altura maxima e sua velocidade fica nula.
    Subida retardada: v>0, a<0
    Subida acelerada: v<0, a<0
    a=-g
    Exemplos: quando lançamos a bola de baskete no chao, e lançamos para cima a bola de volei

    ResponderExcluir
  75. Nome:Fábio Roberto Picheli nº:15 1ºB

    Queda Livre:Também chamado de movimento vertical. Esse movimento é característico por uma aceleração gravitacional, na qual iremos considerar constante. Devido esse movimento apresentar aceleração, logo tomaremos como base um movimento uniformemente variado. O móvel pode está subindo ou descendo, onde iremos considerar o atrito despresível ( resistência do ar).
    Ex: Quando abandonamos um Livro e uma caneta, e tocão o solo ao mesmo tempo.

    Lamçamento vertical para cima:É o estudo das relações entre as grandezas : velocidade de queda ou subida , tempo e caminho percorrido de qualquer corpo independente de sua massa e a incidência e incondicional predominância da aceleracão da gravidade neste fenômeno.
    Ex:Quando jogamos uma bola para cima

    ResponderExcluir
  76. NOME: Dante P.Carpigiani N°:10 1°B

    Queda Livre:

    Ao abandonar da mesma altura dois corpos, de massas diferentes e livres da resistência do ar (vácuo) é possível observar que o tempo de queda é igual para ambos.

    As equações que definem a queda livre de um corpo são:

    V=g.t e v²=2.g.d

    Onde g é o módulo da aceleração da gravidade local, e tem valor aproximadamente igual a 9,8 m/s2.

    Assim,quando dois corpos são abandonados da mesma altura, no ar ou no vàcuo sem a resistência (do ar), o tempo de queda é o mesmo para ambos, mesmo que seus pesos sejam diferentes.

    Exemplo: Ao jogar dois objetos (uma pedra e um lápis) da mesma altura, ambos tocarão o solo ao mesmo tempo.

    Lançamento Vertical para Cima:

    O corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial numa trajetoria retilínea vertical.

    As equações que determinam o lançamento vertical são as mesmas do movimento uniformemente variado com pequenas diferenças. São essas as equações:

    S = S0 + v0t +1/2gt²
    V = V0 + gt

    Onde g é o módulo da aceleração da gravidade local, que na Terra vale,10 m/s².

    À medida que um corpo lançado para cima , sua velocidade escalar diminui até que se anule, (ponto de altura máxima). Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade.Assim o tempo de subida é igual ao de descida.
    Obs.:
    Hmáx: V = 0
    V = -V
    A = -g

    Exemplo: Um objeto ao ser lançado para cima, atinge sua altura máxima, o tempo da subida é igual ao de descida.

    Assim podemos distinguir ambos os movimentos verticais.

    ResponderExcluir
  77. Nome: Mateus Semenssato Alencar
    Número: 31 Série: 1°C



    “QUEDA LIVRE E LANÇAMENTO VERTICAL PARA CIMA”

    A principal semelhança entre esses dois movimentos é a aceleração gradual, daí o nome, Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.). Alem disso são dois fenômenos que ocorrem continuamente e diariamente.

    A QUEDA LIVRE...

    Ela acontece o tempo todo, quando corpos são “abandonados” a certa altura e levados ao chão com a ação da gravidade.

    “Corpos de diferentes massas em um mesmo local, sem resistência do ar, caem com a mesma aceleração e, caso caiam da mesma altura, a queda ocorre no mesmo intervalo de Tempo.”
    Thiago Postal

    O LANÇAMENTO VERTICAL...

    Também muito comum, acontece quando uma força é exercida sobre um corpo em direção vertical, e este sofre a ação da gravidade, que pode ser melhor percebida após o ápice da subida, quando o corpo volta a cair.

    “O corpo é lançado com uma velocidade inicial V0 em uma tragetória retilínea, na vertical”
    Thiago Postal

    EXEMPLOS...

    Queda Livre:

    Um corpo qualquer é abandonado no topo de um prédio, o mesmo, cai e acelera cada vez mais até chegar ao ponto final, o chão.

    Lançamento Vertical:

    Um corpo qualquer é jogado para cima e após atingir a altura máxima do percurso retorna de forma uniformemente acelerada ao ponto de partida.

    ResponderExcluir
  78. Nome: Michel De Sousa Lens
    Numero: 37
    série: 1B

    Movimento Vertical(queda livre)

    Temos como conceito de Queda Livre um simples exemplo como: se largarmos uma pena e uma pedra, da mesma altura notaremos que a pedra chegará antes ao chão.
    Por isso, pensamos que quanto mais pesado for o corpo, mais rápido ele cairá. Porém, se colocarmos a pedra e a pena no vácuo observaremos que ambos os objetos levam o mesmo tempo para cair.Então concluimos que despresamos a resistência do ar, para todos os corpos, idependente de massa ou formato , cairão com uma aceleração constante: a aceleração da Gravidade.

    As equações que definem a queda livre de um corpo são:

    V=g.t e v²=2.g.d

    Exemplos de Queda livre em nosso cotidiano, e quando largamos objetos de diferentes tamanhos e formatos, e caem ao mesmo tempo no chão.

    Obs: A queda livre é um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 9,8 m/s2 (ao nível do mar), chamada de aceleração gravitacional.

    Lançamento vertical para cima:

    Lançamento Vertical para Cima, é onde um corpo é lançado para cima com uma velociadade inicial numa trajétoria. Apartir desse lançamento sabemos que o tempo de subida do corpo é igual ao tempo de descida, também que a velocidade final é igual a velocidade inicial e que a aceleção é igual (a= -g) onde ultilizamos apenas o módulo ou seja a=|g| e a altura máxima é igual a zero. As mesmas equações ultilizadas na queda livre são utilizadas no Lançamento vertical para cima com pequenas diferenças.São essas as equações:

    S = S0 + v0t +1/2gt²
    V = V0 + gt

    Exemplos em nosso cotidiano:

    Um jogador de vôlei dando uma manchete ou saque, Um garimpeiro trabalhando (jogando o conteúdo da peneira para cima), um foguete sendo lançado,um rojão sendo estourado durando um jogo, entre outros.

    ResponderExcluir
  79. Ana Carolina Ferreira30 de setembro de 2010 12:29

    Ana Carolina Ferreira
    Nº3 - 1ºC

    Existem dois tipos de movimentos verticais: a queda livre e o lançamento vertical para cima.

    A queda livre ocorre quando um corpo é abandonado a uma certa distância do solo. Por ser abandonado, sua velocidade inicial é nula (Vo=0). Portanto, a aceleração da queda é dada pela gravidade, independente da massa do objeto. Se dois objetos forem soltos ao mesmo tempo, no mesmo ponto distante do solo, desprezando a resistência do ar, chegaram no solo no mesmo instante de tempo. Um exemplo de queda livre pode ser uma caneta caindo no chão.

    O lançamento vertical para cima, diferentemente da queda livre, possui uma força sendo aplicada a ela, tendo assim uma velocidade inicial, e em seu ponto máximo, tendo sua velocidade nula. Também é caracterizado pelo seu tempo de subida e de descida ser o mesmo.Um exemplo pode ser uma bola sendo arremessada.

    ResponderExcluir
  80. Kaique Gabriel R. Miranda Nº24 1ºA

    É denominada Queda Livre os movimentos de subida ou descida que os corpos realizam no vácuo. Sendo corpos de diferentes massas em um mesmo local, sem a resistência do ar, caem com uma mesma aceleração. Esses movimentos são descritos com as mesmas equações do movimento uniformemente variado.
    Alguns exemplos de queda livre seriam: uma caneta ou lápis caindo da mesa, uma pessoa se jogando de pára-quedas e etc.

    No lançamento vertical para cima à medida que um corpo lançado para cima, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade. Além do tempo de subida ser igual ao de descida.
    Alguns exemplos são: um disparo de arma para cima, uma pessoa pulando em uma cama elástica e uma bola lançada para cima são exemplos de lançamento vertical para cima.

    ResponderExcluir
  81. Eduardo B. Pavanel Nº:12 1ºB

    -Queda livre: Corpos de massas diferentes ou iguais, soltos de um mesmo lugar (mesma altura) e sem a resistência do ar possuem a mesma aceleração e no mesmo intervalo de tempo.
    -Ex.: Um apagador e uma caneta quando soltos de uma mesma altura e em a resistência do ar, chegam ao solo ao mesmo tempo.

    -Lançamento Vertical para Cima: Ocorre quando um objeto é lançado para cima, e sua velocidade inicial vai diminuindo até chegar a altura máxima, onde a velocidade equivale a zero, e ao descer sua velocidade aumenta.
    -Ex.: O lançamento de um lápis para cima em uma tragetória vertical. Este lápis tocará o chão com a mesma velocidade em que foi lançado.

    ResponderExcluir
  82. Mateus crudo de barros
    n 31 1a

    Queda livre
    queda livre é quando um objeto de peso qualquer é abandonado a paritr do ponto de repouso em uma altura qualquer,desprezando a resistencia do ar os objetos nao importa o peso irao cair com a mesma velocidade,na queda livre a velocidade inicial é nula e a aceleracao é igual ao valor da gravidade(10 metros por segundo)Ex.uma pedra caindo de um arranha ceu

    lancamento vertical para cima

    lancamento vertical para cima e quando um objeto é lancado para cima verticalmente com uma velocidade inicial qualquer, quando chega a um certo ponto, ele para, esse ponto é chamado de altura maxima (Hmax)neste ponto a velocidade e 0, ele comeca a descer em estado de queda livre, no movimento do lancamento vertical o tempo de subida e igual o de descida (Tsub=Tdesc).Ex.quando jogamos uma moeda para cima pra brincar de cara ou coroa

    ResponderExcluir
  83. Danilo Cunha 1°B N° 9

    Lançamento Vertical

    Considere a gravura acima na qual temos o lançamento de uma bola verticalmente para cima. Ao observar tal situação podemos concluir que existe um instante no qual a velocidade da bola cessa (V = 0). Como a velocidade é decrescente, podemos dizer ainda que esse movimento descrito por essa bola é um movimento uniformemente retardado, pois sua velocidade decresce à medida que varia sua posição. Como o lançamento vertical é um movimento uniformemente variado, a aceleração do móvel é constante. As equações que determinam o lançamento vertical são as mesmas do movimento uniformemente variado com pequenas diferenças. São essas as equações:

    S = S0 + v0t +1/2gt2
    V = V0 + gt

    Onde g é o módulo da aceleração da gravidade local, que na Terra vale, aproximadamente, 9,8 m/s2.

    Queda Livre

    O estudo de queda livre vem desde 300 a.C. com o filósofo grego Aristóteles. Esse afirmava que se duas pedras, uma mais pesada do que a outra, fossem abandonadas da mesma altura, a mais pesada atingiria o solo mais rapidamente. A afirmação de Aristóteles foi aceita como verdadeira durante vários séculos. Somente por volta do século XVII que um físico italiano chamado Galileu Galilei contestou essa afirmação.

    Considerado o pai da experimentação, Galileu acreditava que só se podia fazer afirmações referentes aos comportamentos da natureza mediante a realização de experimentos. Ao realizar um experimento bem simples Galileu percebeu que a afirmação de Aristóteles não se verificava na prática. O que ele fez foi abandonar, da mesma altura, duas esferas de pesos diferentes, e acabou por comprovar que ambas atingiam o solo no mesmo instante.

    Após a realização de outros experimentos de queda de corpos, Galileu percebeu que os corpos atingiam o solo em diferentes instantes. Observando o fato dessa diferença de instantes de tempo de queda, ele lançou a hipótese de que o ar tinha a ação retardadora do movimento. Anos mais tarde foi comprovada experimentalmente a hipótese de Galileu. Ao abandonar da mesma altura dois corpos, de massas diferentes e livres da resistência do ar (vácuo) é possível observar que o tempo de queda é igual para ambos.

    ResponderExcluir
  84. Nome: Belisia V. de Barros
    Nº:03 1ºB

    Movimentos Verticais.

    * Características de Queda livre e Lançamento Vertical.

    Em Queda livre a Vo(velocidade inicial) será sempre 0, também podemos destacar a queda de dois objetos inicialmente em repouso, que possuem massas diferentes e estão posicionados na mesma altura, se desprezada a resistência do ar irão cair no mesmo intervalo de tempo.

    Em relação ao Lançamento vertical podemos destacar que o módulo da aceleração será o mesmo valor do g, o tempo de descida e subida também apresentam o mesmo valor, a velocidade inicial e final também possuem o mesmo valor. Na altura máxima (Hmáx) a V é sempre 0.

    Exemplos:
    -Queda Livre: Um exemplo de queda livre é abandonar um tijolo e um capacete de uma construção, mesmo apresentando massas diferentes cairão no mesmo intervalo de tempo.
    - Lançamento vertical para cima: Um exemplo de Lançamento vertical para cima é uma pessoa pular em um trampolim.

    ResponderExcluir
  85. Caroline Galle de Oliveira
    Número 06 serie 1 B

    Movimentos verticais

    Movimentos veticais podem ser subdivididos em: queda livre e lançamento vertical para cima.
    A queda livre é o ato de fazer um corpo atingir o solo (verticalmente). Como, antes da queda, o corpo estava em repouso, sua velocidade inicial é igual a zero (V0=0). Tem como aceleração adotada a aceleração gravitacional (10m/s2), não considerando a resistência do ar. Um exemplo do cotidiano é quando deixamos algum objeto, que estavamos segurando, cair no chão.
    O movimento vertical para cima é o ato de fazer um corpo subir, atingir uma altura máxima e voltar para o solo. É um movimento perpendicular ao solo e quando alcança sua altura máxima (instante V=0) muda de sentido. Sua aceleração, em módulo, é igual a aceleração gravitacional. Outras semelhanças são: o tempo de subida e descida, e o módulo das velocidades inicial e final. Um exemplo simples do nosso dia-a-dia é quando saltamos verticalmente, seja em uma brincadeira, um jogo ou outro motivo qualquer.

    ResponderExcluir
  86. Matheus Ramirez
    35 1C

    Há dois tipos de movimentos verticais: a queda livre e o lançamento vertical para cima.

    A queda livre ocorre quando um corpo é abandonado a uma certa distância do solo. Por ser abandonado, sua velocidade inicial é nula (Vo=0). Então, a sua aceleração da queda é dada pela gravidade, independente da massa do objeto. Se dois objetos forem soltos ao mesmo tempo, no mesmo ponto distante do solo, desprezando a resistência do ar, chegaram no solo no mesmo instante de tempo. Um exemplo de queda livre pode ser uma bola caindo no chão.

    Lancamento vertical para cima:

    Já o lancamento vertical para cima e quando um objeto é lancado para cima verticalmente com uma velocidade inicial qualquer, quando chega a um certo ponto, ele para, esse ponto é chamado de altura maxima (Hmax), neste ponto a velocidade é zero (Vo = 0), ele começa a descer em estado de queda livre, no movimento do lançamento vertical o tempo de subida e igual o de descida (Tsub=Tdesc).Ex. Uma bola lançada para cima.

    ResponderExcluir
  87. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  88. Nome: Érika Kichise Nº:14 Série:1ºC

    Queda livre é quando um objeto é abandonado no vácuo ou no ar. Ele sofre a aceleração da gravidade, que é representada po g=10.
    As suas equações são:
    V=gt , S = S0 + v0t +1/2gt² e S = S0 + v0t +1/2gt²

    Lançamento Vertical para Cima é quando abandonamos um corpo em queda livre ou lançamos ele verticalmente para baixo.
    Suas equações são:
    Ts=v0/g ou Hmáx= v²0/2g

    ResponderExcluir
  89. Bruno Piffer
    06 1A

    Queda livre:

    Queda livre é quando o Corpo de massa diferente ou igual, soltos de uma mesma altura, sem a resistência do ar possuem a mesma aceleração e mesmo intervalo de tempo.
    Exemplo: uma caneta caindo no chão.

    Lancamento vertical para cima:

    Em um Lançamento Vertical para Cima quando é lançado um objeto verticalmente para cima, sabendo que a resistência do ar é desprezível, a gravidade acaba produzindo dois efeitos: feia o móvel na subida (até pará-lo) e, em seguida, faz o móvel retroceder no vôo, acelerando-o na descida. O tempo de subida do objeto lançado é o mesmo de descida, sendo que na altura máxima a velocidade é igual a 0, e o (gterra) equivale a -10m/s².
    Exemplo: uma pessoa pulando no pula pula.

    ResponderExcluir
  90. Lucas Tavares nº31 1ºano B

    Movimentos Verticais:

    Queda Livre e Lançamento Vertical para cima

    Queda Livre: É quando um corpo sai de seu repouso e atinge o solo(verticalmente), sendo sua velocidade inicial zero, pois estava em repouso. Quando solto, o corpo cai com a aceleração gravitacional(≈10m/s²).
    Se dois corpos são soltos ao mesmo tempo, da mesma altura, desprezando-se a resistência do ar, eles caem ao solo ao mesmo tempo(independentemente de suas massas).
    Exemplo: se uma bola de boliche de uma bola de gude são soltas no vácuo, com a mesma aceleração, elas chegaram ao solo ao mesmo tempo.

    Lançamento Vertical para Cima: Como o próprio nome já diz, é quando um corpo é lançado verticalmente para cima, desprezando a resistência do ar, a gravidade provoca 2(dois) efeitos diferentes no corpo: na subida a gravidade(na Terra)é igual a -10m/s² pois o objeto vai parando conforme sobe, até atingir o ponto máximo, onde sua velocidade é zero, após atingir a altura máxima o objeto começa a descer, com a aceleração(na Terra) igual a 10m/s².
    O tempo que um corpo leva para atingir a altura máxima é o mesmo que ele leva para descer até o ponto de partida.
    Exemplo: uma pedra jogada para cima.

    ResponderExcluir
  91. Nome: Giovanna Deacolino Pasciano
    n°: 21 1° ano B

    A queda livre, consiste na queda de um corpo, partindo de um ponto imóvel, sendo assim, a velocidade inicial do mesmo, é igual a 0. Desprezando a resistência do ar, corpos de massas diferentes, partindo do mesmo ponto, caem no solo, ao mesmo tempo.
    Podemos exemplificar esse conceito, imaginando o Thiago Postal sensual, tomando banho, e quando ele vai pegar o shampoo, o mesmo escapa de sua mão molhada e cai no chão, podemos chamar esse evento de queda livre, pois a velocidade inicial do corpo é nula. Agora, se ele estivesse distraído e derrubasse o shampoo e sua touca sensual de banho juntos, os dois atingiriam o solo no mesmo tempo, se soltados do mesmo ponto com velocidade inicial igual a zero ( e desprezando a resistência do ar, e o corpo sarado do Postal (6').

    Outro conceito, é o do lançamento vertical para cima, que consiste no lançamento vertical de um corpo, com velocidade inicial maior que zero, numa trajetória retilínea, onde a velocidade do corpo ao atingir sua altura máxima, seja igual a zero, e onde o tempo de subida do corpo, seja igual ao de descida.
    Podemos exemplificar esse conceito ao irmos na pizzaria e vermos o pizzaiolo lançando a massa para cima, a mesma vai subir e descer com a mesma velocidade, alcançando velocidade zero no ponto máximo de sua altura.

    ResponderExcluir
  92. Nome: Fernando Henrique Cattel Cassimiro da Silva
    n° 17 1° ano A

    Queda Livre:
    A queda livre é um fenômeno onde se abandona um corpo qualquer, no instante onde ele é soltado,ele parte da velocidade inicial igual a zero, e o simples fato dele cair caracteriza esse movimento como: queda livre.
    Obs: 2 corpos de massas diferentes ao serem lançados de uma mesma altura ao mesmo tempo, desprezando a resistencia do ar, tocam o solo no mesmo instante de tempo.
    Exemplo:Quando o homem foi para a lua, realizou a experiência de jogar um martelo e uma pena, de um mesmo ponto, ao mesmo tempo, e ambos atingiram o solo juntos, provando a teoria da queda livre.

    Lançamento vertical para cima:
    Ocorre ao jogarmos um corpo para cima verticalmente, e retilineamente, onde o mesmo ao atingir o ponto máximo de sua altura ( Hmax), sua velocidade é nula, e quando o corpo desce, mantem as condições da subida ( velocidade e tempo iguais).
    Exemplo: Quando um malabarista joga uma bola para cima, a mesma desce com a mesma velocidade e demora o mesmo tempo em sua descida, e ao atingir o seu ponto máximo de altura, sua velocidade é nula

    ResponderExcluir
  93. Nome: Mayara Costa Silva N°36 Série:1°B

    Movimentos verticais:

    Queda livre é o movimento resultante unicamente da aceleração provocada pela gravidade,é quando um objeto se desloca apenas pela aceleração gravitacional, esse movimento só existe no vácuo, o único lugar onde não encontramos a resistência do ar, no movimento queda livre a única força que atua sobre os corpos em queda é a força gravitacional, devido a este fator sua forma ou massa não interferem no tempo de deslocamento (queda) dos mesmos. Se soltarmos dois objetos de pesos diferentes no vácuo ou desprezando a resistência do ar, eles chegaram ao solo ao mesmo tempo.
    Sua equação é:S = S0 + v0t +1/2gt2 / V = V0 + gt

    Lançamento vertical para cima é a medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui(movimento retardado). Quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é a mesma: a=g, se a trajetória for orientada para baixo, e a=-g, se a trajetória for orientada para cima.

    Obs: - exemplo de queda livre é quando estamos com uma caneta e uma bola de papel na mão e soltamos os dois ao mesmo tempo.
    - exemplo de lançamento vertical para cima é quando uma pessoa pular em uma Cama Elástica

    ResponderExcluir
  94. Nome:Lucas Mateo Pereira
    Número:27 Ano:1°A


    -- QUEDA LIVRE --

    Acontece quando corpos de diferentes massas em um mesmo local,(sem a resistência do ar)caem com a mesma aceleração , sendo essa na Terra 10 m/s². E também quando corpos de diferentes massas, sem a resistência do ar, caem da mesma altura no mesmo intervalo de tempo.
    Um exemplo pode ser : se jogarmos uma pena e um livro em um local de mesma aluta, aonde a resistência do ar seja desprezível, os dois corpos irão cair com uma mesma aceleração, no mesmo intervalo de tempo.

    -- Lançamento Vertical para Cima --
    Considerando uma trajetória orientada para cima, em um lugar onde a aceleração da gravidade seja constante, com módulo igual a G, e a resistencia do ar desprezível, um om objeto é lançado para cima com velocidade em módulo igual a v0.
    Exemplo:Quando um foguete apena de teste é lançado !

    ResponderExcluir
  95. Alana Garbuli Dias 01 1ºA

    Lançamento Vertical é quando um corpo lançado para cima numa velocidade inicial Vo. Quando o corpo atinge sua altura máxima, sua velocidade é igual a 0, ou seja, nula.
    Queda livre é quando corpos de massas diferentes, sem a resistência do ar, caem com a mesma aceleração e com o mesmo intervalo de tempo.

    meu texto está um lixinho.

    ResponderExcluir
  96. Giovanna Scudeler Murae - n°19 - 1°A

    Fisicamente existem dois tipos de movimentos verticais: a queda livre e o lançamento vertical para cima.
    A diferença dos dois é bem simples, a queda livre, como o próprio nome diz, é quando algum corpo é deixado cair no vácuo ou em algum local onde desprezamos a resistência do ar, ele se desloca verticalmente até tocar o solo em uma velocidade gravitacional de 10 m/s². por exemplo: quando deixamos a borracha cair da mesa, ela toca o chão na velocidade da gravidade.
    Já o lançamento vertical para cima, também desprezando a resistencia do ar, ele é realizado quando um corpo é lançado para cima, e sua velocidade vai diminuindo, até chegar no ponto de altura máxima onde ela se anula, pois é um movimento retardado, ou seja, está indo contra a gravidade. Por exemplo: quando jogamos uma bola para cima, ela sobe em uma velocidade "x" até chegar no ponto de altura máxima, e começa a cair na mesma velocidade que ele foi lançado.

    ResponderExcluir
  97. Marina de Menezes Ishikawa
    Nº 33 1º ano B

    Lançamento vertical para cima e queda livre.

    Quando falamos de lançamento vertical para cima, é sempre importante se lembrar de alguns pontos indispensáveis:
    Usando de exemplo a peneira de um garimpeiro, podemos dizer que no momento em que o mesmo joga para cima o conteúdo da peneira ele está realizando um lançamento vertical para cima, portanto o tempo de subida do conteúdo é igual ao tempo de descida.
    No momento em que foi atingido o ponto máximo da altura (Hmáx), a velocidade final (V) é igual a 0 (zero), também não podemos nos esquecer que a aceleração gravitacional alem de ser constante, é também negativa (a = -g).
    Já em queda livre, dois corpos de massas distintas, após serem soltos de um mesmo lugar e ao mesmo tempo; desconsiderando-se a resistência do ar; ambos caem com a mesma aceleração gravitacional (gTerra ͌ 10m/s²), o que resulta em uma chegada concômica ao solo. Por exemplo, na janela de um apartamento existe um tênis e um vaso de planta, acidentalmente com um vento forte, ambos caem ao mesmo tempo da janela, chegando simultaneamente ao solo.

    ResponderExcluir
  98. Igor José Déster Ladeira - nº 42 - 1ºC

    Movimentos perpendiculares ao plano do horizonte.

    O movimento de queda livre é baseado no seguinte princípio: todos os corpos dentro da atmosfera terrestre são atraídos pelo campo gravitacional da Terra. Em queda livre, no vácuo, qualquer corpo, independente de sua massa, volume ou forma, movimenta-se com aceleração aproximada de 10 m/s², que normalmente é representada pela letra “g”.

    Um exemplo de queda livre seriam os objetos sobre minha mesa que meu gato vive derrubando, como CDs, telefone, livros, entre várias outras coisas.

    O lançamento vertical é o arremesso de algum corpo verticalmente para cima, que quando lançado, possui uma velocidade inicial que decai gradualmente quando atraída pelo campo gravitacional terrestre (-g ou -10m/s²). A partir do momento que a velocidade do corpo atinge zero, segue-se uma queda livre, finalizada com velocidade idêntica ao módulo da velocidade inicial do lançamento.

    Um exemplo de lançamento vertical poderia ser uma manchete de vôlei, um salto de cama-elástica, entre outros

    ResponderExcluir
  99. Guilherme oliveira pessini N:22 1ano C


    Queda livre-

    Quando um corpo se movimenta sujeito apenas à aceleração gravitacional, desprezando qualquer tipo de resistência, dizemos que este corpo está em queda livre. Logo, queda livre é um movimento que só existe no vácuo, pois, só assim, não temos a resistência do ar.

    Ao soltarmos uma folha de caderno dobrada ao meio e um caderno da mesma altura, observamos que o caderno, por ser mais pesado, chega primeiro ao solo. Sabemos que isso acontece porque a resistência do ar exerce uma ação sobre os corpos e, sendo o caderno o corpo com maior massa, este chega primeiro ao solo.




    Lançamento vertical para cima-

    Á medida que um corpo sobe, o módulo de sua velocidade diminui(movimento retardado). Quando o corpo atinge o ponto mais alto, sua velocidade é nula. Em seguida, o corpo desce com movimento acelerado. Se pudermos desprezar a resistência do ar, tanto na subida quanto na descida a aceleração é a mesma: a=g, se a trajetória for orientada para baixo, e a=-g, se a trajetória for orientada para cima.

    ResponderExcluir
  100. Victória Marques Conde Sauwen
    nº 39 1ºA

    Movimentos Verticais - Queda Livre e Lançamento Vertical para Cima.

    Os movimentos verticais podem ser classificados em dois tipos, a queda livre, e o lançamento vertical para cima. A queda livre acontece quando um objeto qualquer é solto do repouso (Vo=0), e tem uma trajetória em linha reta, com sua aceleração igual a 'g', quando o ar é desprezado. Na Terra, com o ar desprezado, 'g' vale 10 m/s. Um exemplo a ser citado pode ser quando deixamos cair uma caneta e uma borracha, as duas chegaram ao solo com a mesma velocidade e ao mesmo tempo. Já o lançamento vertical para cima acontece quando um objeto é jogado para cima, ele terá uma velocidade inicial, e uma aceleração de '-g', que na Terra seria '-10'. Quando o objeto atinge a altura máxima, ele tem uma velocidade igual a zero, e começa a cair em direção ao solo. Seu módulo de velocidade final é igual ao da velocidade inicial, e o tempo de descida e de subida do objeto são os mesmos. Um exemplo a ser dado nesse movimento vertical pode ser quando uma pessoa joga uma bala pra cima com a mão, pra pegar com a boca.

    ResponderExcluir
  101. nome:Giulliano G. Ferrari
    numero:21
    serie 1ºC

    movimentos verticais

    Denomina-se queda livre dentro dos movimentos verticais ,quanto se constatam os seguinte fatores no vácuo:

    -v0(velocidade inicial)é equivalente a zero.

    -delta S (deslocamento escalar)é equivalente a distancia percorrida pelo corpo em queda.

    -g(gravidade)é adotada como aceleração ,e no planeta terra tem-se que valha 10m/s².

    Denomina-se lançamento vertical para cima dentro dos movimentos verticais ,quanto se contatam os seguinte fatores no vácuo:

    -a(aceleração)é equivalente -G(gravidade,que se mantem 10m/s²), ou modulo de a é igual a g.

    -quando o corpo atinge a altura máxima sua v(velocidade) é nula.

    -lavando em consideração o mesmo ponto o tempo de subida será sempre igual ao tempo de descida.

    Exemplos:

    Queda livre-em geral quando deixamos cair um objeto acidentalmente , também podemos classificar bungue Jump e salto de para-quedas como queda livre.

    Lançamento vertical para cima-quando vemos um jogador de futebol fazendo embaixadinha é considerado um lançamento vertical para cima.

    ResponderExcluir
  102. Richard felipe . 1C 38

    Queda livre ocorre quando soltamos um corpo desprezando o ar , onde ele atinge 10m/s² .
    ex: catarar no chão ( desprezando a resistência do ar ).
    lançamento ocorre quando um corpo é lançado verticalmente onde no ponto maximo ele atinge ( v=0) e a sua velocidade de descida se iguala a de subida .
    ex: cuspir um chiclete , e pega-lo novamente com a boca .

    ResponderExcluir
  103. Juliane Dantas Belchior 1ºC Nº26

    Queda livre é o ato de um objeto que é solto a uma certa altura, partindo do repouso, sofrer apenas a aceleração gravitacional. A queda livre pode ocorrer com exatidão no vácuo, ou com a resistência do ar desprezível. Por exemplo, se soltarmos dois objetos na mesma altura e ao mesmo tempo com a velocidade inicial igual a zero, ignorando a resistência do ar, eles irão tocar o solo ao mesmo tempo.

    O lançamento vertical para cima é caracterizado pelo fato de quando lançamos um corpo para cima, ao chegar em sua altura máxima, o módulo de sua velocidade é igual a zero e o objeto, ao ser lançado, apresenta o tempo de subida igual ao tempo de descida.

    ResponderExcluir
  104. Thais Taue Fernandes P. N°40 1°C

    Na queda Livre os corpos soltos em repouso, na mesma altura sem a resistência do ar caem com a mesma aceleração, não importando suas massas. A velocidade inicial é sempre Zero. Um exemplo de queda Livre pode ser uma folha caindo de uma arvore.

    Já o lançamento vertical, o tempo de subida e descida do objeto é sempre o mesmo, e a velocidade também. A altura máxima a velocidade é sempre zero. Um exemplo pode ser durante um jogo de vôlei a bola sendo sacada.

    ResponderExcluir
  105. Caio Henrique Cerqueira 1ºA n°9

    Queda livre é o nome dado ao movimento dado ao ato de soltar um objeto a uma certa distancia do solo. Como jogar uma bola de um andar de um predio a bola vai ter uma aceleração equivalente a força gravitacional da terra(A=10m/s ao quadrado)desprezando-se o atrito do ar.
    O lançamento vertical para cima é o nome dado ao ato de jogar um objeto para o alto aplicando-le força. Como jogar uma bola para o alto.Sua aceleraçao sera de -10m/s ao quadrado.Ao chegar a altura maxima sua velocidade sera nula e longo em seguida sua velocidade sera 10m/s ao quadrado.A velocidade de chegada sera igual a de saida.

    ResponderExcluir
  106. Evelyn Lezdkalns Murback 1°B n°14
    Denomina-se Queda Livre o movimento vertical, próximo à superfície da Terra, quando um corpo de massa m é abandonado no vácuo ou em uma região onde desprezamos a resistência do ar.
    A queda livre é um movimento uniformemente variado, sua aceleração é constante e igual a 9,8 m/s2 (ao nível do mar), chamada de aceleração gravitacional.Na queda o módulo da velocidade do corpo aumenta, o movimento é acelerado, e, portanto, o sinal da aceleração é positivo.Ex: Uma bola é solta em cima de um prédio(supondo que o prédio esteja perpendicular com o solo ( 90º) o menino a lança paralelamente paredes do prédio.)

    Lançamento vertical para cima = À medida que um corpo lançado para cima sobe, sua velocidade escalar diminui até que se anule no ponto de altura máxima. Isso ocorre porque o movimento é retardado, ou seja, o movimento se dá contra a ação da gravidade. Ex: Um canhão fazendo um ângulo de 90º com o solo e apontado para cima, lançando uma bola com uma velocidade inicial >0

    ResponderExcluir
  107. Isadora Gerard n°24 1°B
    Lançamento vertical para cima,isso quer dizer que algum corpo é lançado para cima com uma velocidade inicial diferente de zero a partir do chão.
    Na queda livre não e deve aplicar uma velocidade ao corpo. Ele deve simplesmente cair devido a ação da gravidade. Também se deve desconsiderar as forças de resistências existentes.

    ResponderExcluir
  108. Caroline Costa Gaspar Nº10 1º série A
    Queda livre e Lançamento vertical para cima.
    A queda livre é quando um objeto é abandonado ou cai de certa altura. A velocidade dos corpos em queda livre aumenta a cada segundo em 9,8 m/s (aceleração de gravidade). Também na queda livre pode-se concluir que todos os corpos levam o mesmo tempo para cair de certa altura até o solo. E diferente do lançamento vertical para cima a velocidade inicial do corpo é sempre zero. Um exemplo é quando uma caneta cai de cima de uma mesa.
    O lançamento vertical para cima é quando um objeto é lançado verticalmente para cima com uma força gravitacional atuante. Desse modo, a velocidade do corpo irá diminuir gradativamente e com o mesmo ritmo com que aumenta durante a queda. No entanto, considerando que o corpo freia, a aceleração apresenta a mesma intensidade, porém com sinal negativo. E nesse movimento de lançamento vertical para cima a velocidade inicial do movimento (V0) não pode ser nula. Entretanto a velocidade será nula no ponto de altura máxima da trajetória. Um exemplo é um jogador de vôlei dando uma manchete.

    ResponderExcluir
  109. Verônica Cristina Giraldi n º38 1º A

    Queda Livre é quando um ou mais objetos de massas diferentes caem de uma mesma altura, de um mesmo local, considerando um mesmo ponto inicial e a mesma aceleração, que equivale a força da gravidade do local onde o objeto esta sendo lançado. O intervalo de tempo da queda dos dois objetos é o mesmo, pois o resistência do ar é desprezada.
    Ex.: Podemos considerar queda livre quando um suicída se joga de um prédio,desprezando a resistência do ar.

    Lançamento Vertical para Cima acontece quando lançamos um objeto para cima com uma velocidade inicial diferente de zero em uma trajetória onde a volta do objeto é queda livre e o tempo de subida é igual ao tempo de descida. Ao atingir a altuma máxima ( Hmáx ), a velocidade atinge o valor 0, e recomeça a aumentar no movimento de queda livre, A aceleração é o valor negativo da gravidade do local de onde o objeto esta sendo lançado.
    Ex.: O lançamento de bolas de malabarismo para cima.

    ResponderExcluir
  110. Nome: Marcela Moreira Momi
    nº 30
    1ºA

    MOVIMENTOS VERTICAIS

    -Queda Livre.

    Quando um corpo é solto no ar (ou no vácuo) e cai verticalmente em direção ao solo. A velocidade inicial desse corpo é nula, e as equações que definem esse movimento são as mesmas usadas para M.U.V, só modificamos a Velocidade Inicial que passa a ser zero, e substituímos a aceleração pelo valor da gravidade. Desprezando-se a resistência do ar, todos os corpo caem com a mesma aceleração.


    - Lançamento Vertical

    Quando um corpo é lançado verticalmente para cima. A altura máxima atingida por ele, é nula. O tempo de subida é igual ao tempo de descida. As equações desse movimento, são iguais as do M.U.V., com as mesmas modificações feitas para essas equações na Queda Livre, além de o valor da aceleração (gravidade) ser negativo.

    ResponderExcluir
  111. Pessoal,

    Parabéns pelos ótimos textos produzidos. Gostei da maioria deles.

    Esta atividade vale até 0,5 no 4º Bimestre.

    Médias:
    1º A = 0,43
    1º B = 0,44
    1º C = 0,42

    Conforme combinado o melhor texto será premiado com um experimento demonstrativo.

    Ganhadora: Nathália Mendes - 1ºA
    Premiação: 05/12


    Abraços,

    Thiago Postal

    ResponderExcluir
  112. NATÁLIA MENDES U_U

    MEU NOME NÃO TEM "H" CINÊ, SE FECHA CARA! HAHA'

    ResponderExcluir
  113. As notas dos textos do 1º ano estão disponíveis no link abaixo:

    http://docs.google.com/a/cocvilayara.com.br/fileview?id=0B8i5APb5XoLdNzMwZjg2NGItOWRkMS00ZDEzLThmMjQtNWUyNzdiZjYyMTE5&hl=pt_BR&authkey=CLOGhYkH


    Abraços,

    Thiago Postal

    ResponderExcluir
  114. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir